Shenzhou-9 – Preparativos para o lançamento (I)




O Boletim Em Órbita inicia hoje o acompanhamento dos preparativos para o lançamento da missão espacial chinesa SZ-9 Shenzhou-9 que deverá ter lugar em Junho ou Julho de 2012.

Este voo será mais um importante passo na exploração espacial tripulada por parte da China ao tentar realizar a primeira acoplagem tripulada. Lançada com três tripulantes (taikonautas ou yu hang yuan), a Shenzhou-9 deverá acoplar em órbita terrestre com o módulo não tripulado TG-1 Tiangong-1. A missão deverá ter uma duração de 13 dias.

Os diferentes módulos da cápsula espacial Shenzhou-9 chegaram ao Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan a 9 de Abril, com o processamento para a missão a ter início logo de seguida. Por seu lado, a equipa de processamento e os diferentes componentes do foguetão CZ-2F/G Chang-Zheng-2F/G (Y9) chegaram a Jiuquan a 9 de Maio.

Assumindo um tempo de processamento de 38 dias e assumindo que não haja qualquer tipo de atraso, podemos esperar o lançamento da Shenzhou-9 a 16 de Junho. O especialista Robert Christy calculou que uma das janelas de lançamento para a missão se abre entre 16 e 17 de Junho, permitindo um encontro e acoplagem em órbita com o Tiangong-1 e o posterior regresso à Terra após uma missão de 13 dias, permitindo uma aterragem à luz do dia. Entretanto, rumores que circulam nos foruns de discussão chineses apontam para uma possível data de lançamento a 28 de Junho, porém esta data não permite uma aterragem à luz do dia após uma missão de 13 dias. Esta duração da missão foi já admitida pelas autoridades chinesas e é de concluir que o plano de voo não tenha sido alterado.

Entretanto, nada foi ainda revelado em relação à composição da tripulação que será lançada a bordo da Shenzhou-9. Porém, as autoridades chinesas já admitiram que da tripulação fará parte a primeira taikonauta chinesa. O nome de Liu Yang tem sido frequentemente apontado como a taikonauta seleccionada para a missão sendo Wang Yaping a sua suplente. Os restantes nomes dos taikonautas que se encontram a treinar para a missão são ainda desconhecidos.

Deixe um comentário