Selecionadas seis novas missões CubeSat para o próximo ciclo do Fly your Satellite!



Foram seleccionadas seis equipas universitárias para a segunda edição do programa Fly Your Satellite!, após uma semana intensiva no Workshop de Seleção, que decorreu no ESTEC entre 1 e 5 de maio. A avaliação e selecção de CubeSats foram realizadas por um Painel de Avaliação CubeSat, composto por especialistas da ESA de diversas disciplinas.

O programa Fly Your Satellite! lançou um convite à apresentação de propostas, no dia 20 de dezembro de 2016, para a sua segunda edição. Desde então, equipas de muitas universidades têm trabalhado arduamente para preparar propostas que foram revistas pelo Painel de Avaliação CubeSat.

O processo de seleção culminou no Workshop de Seleção na primeira semana de maio, onde oito equipas, selecionadas como as melhores propostas entre todas as candidaturas apresentadas à ESA, apresentaram as suas missões CubeSat. Durante a mesma semana, os alunos assistiram a um número de palestras oferecidas por especialistas da ESA, abrangendo uma ampla variedade de tópicos, tais como Integração de Montagem e Verificação, Design Estrutural, Telecomunicações das Aeronaves, Mitigação de Detritos Espaciais, fabricação de PCB e muitos mais. As equipas do CubeSat participaram também em excursões às instalações do ESTEC incluindo o centro de teste da ESA, o Laboratório de Sistemas Mecânicos e o Laboratório de Materiais e Componentes Elétricos.

Equipas de estudantes durante uma visita às instalações do ESTEC

Na quarta-feira, 3 de maio de 2017, as oito equipas de estudantes do CubeSat apresentaram os seus projectos e todos fizeram um excelente trabalho na apresentação das suas missões e respondendo às questões levantadas pelos especialistas da ESA. Todas as missões foram muito interessantes, e todos mereciam ganhar a participação no programa Fly Your Satellite!. Embora a decisão não tenha sido fácil para os avaliadores da ESA, devido à excelente qualidade de todas as 8 propostas do CubeSat, finalmente foram seleccionadas as seis equipas seguintes:

ISTnanosat-1
Este projecto CubeSat é o primeiro do Instituto Superior Técnico, em Portugal. A equipa CubeSat usará o seu CubeSat para testar um receptor ADS-B, que tem como objetivo rastrear aeronaves em voo. 

3Cat-4
A equipa 3Cat-4 é composta por estudantes da Universidade Politécnica da Catalunha, em Espanha. A sua missão tem como objetivo demonstrar as capacidades dos nanosatélites para a Observação da Terra usando a radiometria de micro-ondas GNSS-R e banda- L, assim como para os Serviços de Identificação Automática (AIS).

CELESTA
Este CubeSat vem da Universidade de Montpellier, França, e irá monitorizar o ambiente LEO e realizar testes em órbita de um monitor de radiação e uma experiência de engate de evento único. 

EIRSAT-1
Este projecto é uma colaboração conjunta entre a University College Dublin, Irlanda e a Queens’ University Belfast, Irlanda do Norte. O objetivo da equipa é testar um novo módulo detetor de raios gama e realizar uma experiência com revestimentos térmicos para naves espaciais.

LEDSAT
A equipa LEDSAT é de Sapienza – Universidade de Roma, na Itália, e planeia melhorar e testar novas tecnologias para monitorização de satélites LEO usando LEDs. 

UoS3
 Este CubeSat é o primeiro da Universidade de Southampton, Reino Unido. O seu CubeSat irá obter dados de posição e orientação para a validação de modelos atmosféricos e programas informáticos de previsão de reentrada de objetos espaciais.

Painel de Avaliação CubeSat da ESA nas apresentações das equipas

Agora que as equipas foram seleccionadas, começarão a preparar-se para a ‘Critical Design Review’ (Revisão Crítica do Projecto), com base nas instruções da ESA e a sua documentação técnica será revista pelos peritos profissionais da ESA em diferentes áreas de especialização. O programa continuará então para a Fase D, onde as equipas irão começar ou continuar a construir os seus satélites e realizar testes funcionais.

Em consideração ao valor reconhecido também às duas equipas do CubeSat que não puderam ganhar a plena participação no Programa Fly Your Satellite!, ser-lhes-á oferecido apoio pelo Gabinete de Educação da ESA, sob condições que a ESA irá propor às duas equipas.

Oportunidades de estágio também serão abertas para estudantes envolvidos em projetos CubeSat das fases anteriores, e concentrar-se-ão na metodologia para conduzir fases conceituais, preliminares e plano detalhado de projetos CubeSat. Os anúncios públicos serão feitos quando essas oportunidades forem abertas.

Parabéns a todas as equipas selecionadas!

Poderá encontrar mais informações sobre o Programa Fly Your Satellite! aqui.

Notícia e imagens: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Tags:  

Deixe um comentário