Rússia vai lançar novo satélite de detecção remota



A 14 de Julho a Rússia irá colocar em órbita o satélite Kanopus-V-IK a partir do Cosmódromo de Baikonur.

O lançamento está previsto para as 0636:49UTC e será levado a cabo pelo foguetão 14A14-1A Soyuz-2-1A/Fregat-M (Т15000-018/122-02) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6).

O foguetão lançador foi transportado para a plataforma de lançamento a 11 de Julho.

O Kanopus-V-IK foi construído pela NPO VNII Elektromekhaniki e é um satélite de detecção remota com uma massa de 473 kg. A sua missão operacional deverá ter uma duração de 5 anos numa órbita com um perigeu a 478,6 km, apogeu a 522 km e inclinação orbital de 97,44°.

Juntamente com o Kanopus-V-IK serão colocados em órbita mais 72 pequenos satélites, sendo estes o Flying Laptop, WNISAT-1R, TechnoSat, NORSAT-1, NORSAT-2, CICERO-1, CICERO-2, CICERO-3, Corvus-BC 1, Corvus-BC 2, Perseus-O 1, Perseus-O 2, Perseus-O 3, Perseus-O 4, MKA-N 1, MKA-N 2, Flock-2k (1) a Flock-2k (48), Lemur-2 (45) a Lemur-2 (49), NanoACE, Mayak, Iskra-MAI- 85 e o Ecuador UTE-YuZGU.

Imagens: Roscosmos

Deixe um comentário