Rússia vai desenvolver plataforma OKA-T




A Corporação RKK Energia ‘Sergei Korolev’ irá desenvolver a plataforma OKA-T-ISS, iniciando a primeira fase do projecto (Desenho Preliminar) segundo um acordo com a Agência Espacial Russa. Esta primeira fase deverá estar finalizada em Novembro de 2013.

A plataforma OKA-T tem como função levar a cabo investigação científica na órbita terrestre baixa utilizando as vantagens de uma plataforma de voo independente. Estas vantagens estão no facto de ser garantido um baixo nível de gravidade em comparação com as estações orbitais, bem como uma oportunidade de criar zonas de espaço aberto com um alta vácuo.

A realização das experiências científicas a bordo da OKA-T será programada em ciclos de voo, entre períodos nos quais está acoplada à ISS. Nesta fase de operação, a tripulação irá levar a cabo tarefas de manutenção a bordo da plataforma, incluindo o tratamento do equipamento experimental, bem como operações de reparação / manutenção dos seus sistemas de bordo, e preparação da plataforma e do seu equipamento experimental para o seu próximo ciclo de voo livre.

Para satisfazer as necessidades do voo livre, estão previstas medidas especiais para construir os sistemas de bordo da OKA-T (controlo de movimento, fornecimento de energia) e reduzir vibrações causadas pelos dispositivos a bordo, bem como criar zonas de alto vácuo através de um escudo especial protector e escotilha que fará possível deslocar equipamento experimental com amostras nesta zona e, consequentemente, para remover o equipamento com as as amostras do seu interior.

Imagem: Novosti Kosmonavtiki

Deixe um comentário