Rússia lança Elektro-L




O primeiro lançamento orbital de 2011 teve lugar às 1229:01,712UTC do dia 20 de Janeiro com o foguetão 11K77 Zenit-3SLBF/Fregat-SB (Zenit-2SB80 n.º 1-2007/1 Fregat-SB n.º 2001) a ser lançado a partir da Plataforma de Lançamento PU-1 do Complexo de Lançamento LC45 do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão, transportando o satélite Elektro-L nº 1L.

A separação entre o estágio Fregat-SB (1-1001) e o segundo estágio do lançador teve lugar às 1237UTC, a primeira queima do estágio teve lugar às 1344:26UTC e a separação do satélite Elektro-L deverá ocorrer às 2128UTC.

O satélite Elektro-L, com uma massa de 1.766 kg no lançamento, deverá obter imagens multiespectrais das nuvens e do solo, dados da atmosfera heliogeofísica à altitude orbital e implementar funções de telecomunicações para a disseminação, troca de dados hidrometeorológicos e heliogeofísicos.

O Fregat-SB é uma variante do estágio superior Fregat (SB – сбрасываемые баки) que está equipado com um tanque extra de propolente que será ejectado após o consumo total do propolente transportado.

A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2011. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. Os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 1 / 40
GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 0 / 13
Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 0 / 3
Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 0 / 12
Centro Espacial Kennedy (EUA) – 0 / 3
Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 0 / 6
Wallops Isl MARS –  0 /
Omelek – 0 / 2
Jiuquan (China) – 0 / 4
Xi Chang (China) – 0 / 10
Taiyuan (China) – 0 / 4
Tanegashima (Japão) – 0 / 3
CSG Kourou (Arianespace) – 0 / 10
Satish Dawan SHAR (Índia) – 0 / 5
Naro (Coreia do Sul) – 0 / 1
Sea Launch Odyssey – 0 / 2
Haas – 0 / 1
Semnan – 0 /1

Imagens: TV Roscosmos

Deixe um comentário