Rússia falha lançamento de satélite Meridian (actualização)



Uma falha na separação entre o segundo e o terceiro estágio do foguetão 14A14 Soyuz-2-1B/Fregat (164/1042) levou à perda de um satélite Meridian. O lançamento teve lugar às 1208UTC do dia 23 de Dezembro de 2011 a partir do Complexo de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, Arkhangelsk – Rússia.

Este é o segundo acidente em 2011 com um foguetão da família de lançadores Soyuz após a perda do veículo de carga Progress M-12M no dia 24 de Agosto. Esta falha, apesar de ocorrer numa versão melhorada do lançador, vem mais uma vez levantar dúvidas sobre a segurança destes veículos e a ter ocorrido mais cedo poderia ter implicado um adiamento no lançamento da Soyuz TMA-03M para a ISS. Entretanto, poderemos assistir ao adiamento do lançamento de seis satélites Globalstar previsto para o dia 28 de Dezembro desde o Cosmódromo de Baikonur. Este lançamento irá utilizar o foguetão 14A14 Soyuz-2-1A/Fregat (007/1027) na missão ST-24.

Segundo os mais recentes dados o terceiro estágio terá caído no distrito de Ordynsky do território de Novosibirsk. Anteriormente teriam corrido rumores de que o impacto ter-se-ia dado na mesma zona onde devereia cair o segundo estágio o que poderia implicar uma falha na separação entre os dois estágios. Os dados disponíveis apontam agora para uma falha no terceiro estágio.

Este acidente surge também após o embaraçante falhanço na missão Fobos-Grunt que deverá reentrar na atmosfera terrestre na segunda semana de 2012.

Este é o quarto acidente em 2011. O primeiro ocorreu a 4 de Março com a perda de quatro satélites devido a uma falha do foguetão Taurus-XL (Taurus-3110) ‘Hong’ lançado desde Vandenberg AFB. Neste lançamento foram perdidos os satélites Glory, KySat-1, Hermes e Explorer-1 Prime. Já anteriormente um problema com o foguetão 14A05 Rokot/Briz-KM (6309793568/72517) lançado desde Plesetsk a 1 de Fevereiro, levara a que o satélite GEO-IK-2 n.º 11L (Cosmos 2470) ficasse colocado numa órbita errada. A 17 de Agosto um problema com o estágio Briz-M (99522) levou a que o satélite de comunicações Express-AM4 lançado por um foguetão 8K82KM Proton-M (93521) desde Baikonur, ficasse colocado numa órbita inútil. O mês de Agosto assistiria ainda a dois acidentes com o primeiro a ter lugar no dia 18 quando o foguetão CZ-2C Chang Zheng-2C (Y26) falhou a colocação em órbita do satélite SJ-11 ShiJian 11-04 lançado desde Jiuquan, e no dia 24 o foguetão 11A511U Soyuz-U (Л15000-132) falhou o lançamento do veículo de carga Progress M-12M.

Ainda não são claras as implicações nem as causas deste novo acidente, mas certamente que veremos alguma consequência no calendário de lançamentos russo para a estação espacial internacional. O próximo lançamento neste programa está previsto para 25 de Janeiro com o foguetão 11A511U Soyuz-U (127) a lançar o veículo de carga Progress M-14M. O próximo lançamento tripulado para a ISS está previsto para 30 de Março com um foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG a lançar a Soyuz TMA-04M.

Mais informações assim que estiverem disponíveis.

Deixe um comentário