Rússia adia Soyuz-2-1v para 2014



Soyuz-2-1v 01

O lançamento inaugural do novo foguetão Soyuz-2-1v foi hoje adiado para 2014 devido a problemas técnicos.

O lançamento foi suspenso às 1350UTC, a 10 minutos da hora prevista para ter início.

O Soyuz-2-1V é a mais recente derivação do míssil balístico intercontinental R-7 desenvolvido nos anos 50 do Século XX por Sergei Korolev. De forma geral o novo foguetão pode ser descrito como um foguetão Soyuz mas sem incluir os característicos quatro propulsores laterais. Por outro lado, o primeiro estágio foi também modificado.

Originalmente, o foguetão deveria ser equipado com o motor NK-33-1, no entanto o estágio teve de ser modificado para um diâmetro superior quando o desenvolvimento do motor foi cancelado e teve de ser substituído pelo motor RD-33 com um motor vernier RD-0110 adicional.

O foguetão é capaz de colocar uma carga de 2.800 kg numa órbita terrestre baixa ou 1.400 kg numa órbita terrestre sincronizada com o Sol.

O quarto estágio do lançador é constituído por um estágio superior Volga.

Na sua primeira missão o Soyuz-2-1V/Volga irá transportar duas esferas de calibração SKRL-756 e o micro-satélite AIST-1 que foi desenvolvido por estudantes russos da Universidade Aeroespacial de Samara em cooperação com o TsSKB-Progress. O satélite irá medir o campo geomagnético da Terra, testar o novo modelo de satélite, testes métodos para reduzir as micro acelerações ao mínimo e medir os impactos de micrometeoróides de origem natural e artificial.

Deixe um comentário