Rumo ao lançamento de Orion



A nave espacial Orion da NASA visa enviar os seres humanos mais além do espaço do que nunca, e o Módulo de Serviço Europeu da ESA fornecerá o essencial para manter os astronautas vivos e em curso.

Uma revisão do programa pela NASA, para avaliar o progresso, está agora a apontar uma data de lançamento de Dezembro de 2019 a Junho de 2020.

A primeira Missão de Exploração-1 circundará a Lua, sem os astronautas, para estabelecer as bases e provar a tecnologia para uma segunda missão com uma tripulação.

Em Bremen, Alemanha, a integração do módulo de serviço está bem encaminhada, com início de actividades já no segundo.

Mais de 11 km de cabos estão a ser colocados e conectados para enviar megabytes de informações dos painéis solares, sistemas de combustível, motores e abastecimentos de ar e água para os computadores centrais do módulo.

Recentemente, os 24 propulsores de orientação da Orion foram instalados, complementando os oito motores maiores que irão apoiar do motor principal.

O complexo projecto do módulo requer 1100 juntas para o sistema de propulsão em si, com apenas 173 restantes para concluir.

Módulo de Serviço Europeu

Em Bremen, as equipas na sala de integração da Airbus estão a fazer turnos de oito horas para manter o trabalho a funcionar 24 horas por dia, visando a transferência do módulo completo para os EUA no verão de 2018.

Será levado para o Centro Espacial Kennedy da NASA, na Florida, onde será combinado com o módulo da tripulação, antes de serem transferidos para a estação Plum Brook da NASA, em Ohio, para testes extensivos, de modo a garantir que estejam prontos para o lançamento e a viagem para o espaço profundo.

O módulo de serviço é baseado na tecnologia dos Veículos Automatizados de Transferência da ESA, testados e aprovados, que voaram para a Estação Espacial Internacional em cinco missões. Para Orion, o design é mais complexo, com mais sistemas, mas a tecnologia por trás disso foi miniaturizada para se encaixar na estrutura menor de Orion.

David Parker da ESA, Director de Voo Espacial Humano e Exploração Robótica, diz: “A nave espacial Orion e o módulo de serviço é uma cooperação internacional inspiradora, na vanguarda da tecnologia e no impulso da humanidade para a exploração. Todas as equipas envolvidas estão orgulhosas de fazer parte de um projecto tão complexo e importante.”

Notícia: ESA

Imagens: ESA/NASA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Tags:  , ,

Deixe um comentário