Ruanda no espaço

O Ruanda poderá ter o seu primeiro satélite em órbita no final de 2019.

O primeiro satélite do Ruanda será lançado por um foguetão Japonês após a assinatura de um acordo entre a Autoridade Regulatória e de Utilidade do Ruanda, a Agência de Cooperação Internacional do Japão e a agência espacial Japonesa (JAXA).


A diminuição do custo de produção dos satélites levou o Ruanda a estabelecer o seu programa espacial em 2017 e o lançamento do seu primeiro satélite irá enaltecer o prestígio tecnológico daquele país Africano.

O uso de iniciativas de transferência de tecnologia entre vários países, neste caso entre o Japão e o Ruanda, permite ás nações menos desenvolvidas criarem os seus próprios programas espaciais e satélites. Presentemente, cinco engenheiros Ruandeses encontram-se na Universidade de Tóquio onde ajudaram na projecção e fabrico do satélite.

O novo satélite irá permitir a monitorização da agricultura e dos padrões meteorológicos, bem como ser utilizadio para planeamento urbano.

 

%d blogueiros gostam disto: