Rocket Lab vai lançar satélites para a NASA

Uma nova missão comercial da Rocket Lab está prevista para ter lugar a 16 de Dezembro, depois de ter sido adiada da sua data de lançamento inicial devido às más condições meteorológicas.

O lançamento estava originalmente previsto para 10 de Dezembro, sendo posteriormente adiado para dia 13. Com as condições sobre o Centro de Lançamentos de Máhia, Nova Zelândia, a continuarem instáveis, a Rocket Lab decidiu protelar o lançamento por mais alguns dias, agendando-o para dia 16 de Dezembro, pelas 0400UTC.


A ElaNA-19 (Educational Launch of Nanossatelites 19) é a terceira missão orbital de 2018 da Rocket Lab e a primeira missão da empresa para a NASA. O lançamento é significativo para a industria de pequenos satélites pois é a primeira vez que CubeSats da NASA irão disfrutar de uma viagem dedicada para órbita num veiculo de lançamento comercial, graças à iniciativa NASA Venture Class Launch Services (VCLS).

Nesta missão o veiculo Electron da Rocket Lab lançou mais de 10 CubeSats para a orbita terrestre baixa. O Electron transportou aproximadamente 78 kg de carga que foi colocada numa orbita circular a 500 km de altitude com uma inclinação orbital de 85º.

Enquanto a missão propriamente dita se designa ‘ElaNa-19’, a Rocket Lab também baptiza cada lançador Electron individualmente. As anteriores designações, ‘It’s a Test’, ‘Still Testing’, e ‘It’s Business Time’, eram nomes de missões e dos lançadores. Para a ElaNa-19, o foguetão Electron tem o nome de ‘This One’s For Pickering’ em honra do cientista nascido na Nova Zelândia e antigo director do Jet Propulsion Lab (JPL) da NASA, William Pickering. Por 22 anos William Pickering esteve à frente do JPL, liderando a equipa que desenvolveu o primeiro satélite americano, Explorer-1, lançado em 1958.

Esta será a primeira missão Venture Class Launch Services para a agência espacial Norte-americana NASA. A missão VCLS-1 será lançada pelo foguetão Electron/Curie (F4) a partir do Complexo de Lançamento LC-1 do Centro de Lançamento Máhia. Os satélites a bordo são o ALBus, CeREs, CHOMPTT, Da Vinci, ISX, NMTSat, RSat-P, Shields-1, STF-1, CubeSail-1, CubeSail-2, GeoStare, TOMSat Eagle Scout, TOMSat R3 (AeroCube 11) e SHFT-1.

 

 

%d blogueiros gostam disto: