Regressos e reentradas (50)



Cygnus reentrada Surayev 02

Entre 23 de Setembro e 22 de Outubro de 2016 registou-se a reentrada de doze satélites e de sete estágios superiores.

Obviamente, outros objectos reentraram na atmosfera neste período, no entanto os objectos aqui listados são apenas os objectos principais resultantes de cada lançamento orbital (cargas operacionais e estágios superiores), excluindo-se os objectos classificados como detritos ou mesmo aqueles descartados a partir da estação espacial internacional (exceptuando, claro está, os satélites operacionais) e a partir de satélites operacionais e que são usualmente classificados como ‘detritos espaciais’.

O estágio superior  Blok-I (41387 2016-016B) do foguetão 14A14-1B Soyuz-2.1B (T15000-016) reentrou na atmosfera a 24 de Setembro. Este estágio foi utilizado para colocar em órbita o satélite Resurs-P (3). A reentrada deu-se 195 dias após o lançamento.

O satélite Flock-2b (5) (40954 1998-067HF) reentrou na atmosfera a 25 de Setembro. Tendo como objectivo a obtenção comercial de imagens da superfície terrestre, o Flock-2b (14) foi lançado a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. A sua reentrada deu-se 403 dias depois do lançamento.

O estágio superior PAM-D (27706 2003-010C) do foguetão Delta-2 7925-9.5 (D297) reentrou na atmosfera a 25 de Setembro. O serviu para colocar em órbita o satélite de navegação USA-168 (Navstar-52 GPS 2R-9 SVN-45). A reentrada deu-se 4.927 dias após o seu lançamento.

O segundo estágio (41730 2016-050B) do foguetão Falcon-9 (028) lançado a 14 de Agosto de 2016 para colocar em órbita o satélite JCSat-16, reentrou na atmosfera a 26 de Setembro, após 43 dias em órbita.

O satélite Cosmos 2196 (22017 1992-020A) reentrou na atmosfera a 27 de Setembro, após permanecer 8.847 dias em órbita. O satélite foi lançado às 09:53:14UTC do dia 8 de Julho de 1992 pelo foguetão 8K78M Molniya-M/2BL (77053605) a partir do Complexo de Lançamento LC43/3 do Cosmódromo NIIP-53 Plesetsk. O Cosmos 2196 era um satélite de aviso antecipado de lançamento de mísseis balísticos intercontinentais.

O satélite Aoxiang Zhixing (41625 2016-042B) reentrou na atmosfera terrestre a 29 de Setembro, após 96 dias em órbita. O satélite foi lançado pelo foguetão CZ-7 Chang Zheng-7/YZ-1A (Y1) a partir do Complexo de Lançamento LC201 do Centro de Lançamento de Satélites de Wenchang. O Aoxiang Zhixing foi um satélite de demonstração científica.

O estágio superior (41766 2016-057B) do foguetão CZ-2F/T2 Chang Zheng-2F (T2) reentrou na atmosfera a 29 de Setembro após 14 dias em órbita. O estágio superior serviu para colocar em órbita o módulo orbital TG-2 Tiangong-2.

No dia 30 de Setembro, reentrou na atmosfera terrestre o estágio superior Blok-ML do foguetão 8K78M Molniya-M/ML que serviu para colocar em órbita o satélite meteorológico Molniya-1T (90). A reentrada do objecto (24963 1997-054D) teve lugar 6.946 dias após o lançamento.

Os satélites Flock-2b (2) (40951 1998-067HC), Flock-2b (13) (40979 1998-067HM) e Flock-2b (10) (40962 1998-067HK) reentraram na atmosfera a 2 de Outubro, 11 de Outubro e 12 de Outubro, tendo permanecido em órbita 410, 419 e 420 dias, respectivamente. Tendo como objectivo a obtenção comercial de imagens da superfície terrestre, os três satélites foram lançados a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. 

Entretanto, a 9 de Outubro, reentrava na atmosfera o satélite KZ-2 Kuaizhou-2 (40311 2014-073A) que foi colocado em órbita pelo foguetão KZ Kuaizhou a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan às 09:37:08UTC do dia 21 de NOvembro de 2014. O KZ-2 terá servido para monitorizar desastres naturais.

No dia 12 de Outubro, reentrou na atmosfera terrestre o estágio superior Blok-2BL do foguetão 8K78M Molniya-M/2BL (76093690) que serviu para colocar em órbita o satélite meteorológico Molniya-1T (93). A reentrada do objecto (28164 2004-005B) teve lugar 4.620 dias após o lançamento.

O satélite Flock-2b (3) (40952 1998-067HD) reentrou na atmosfera a 14 de Outubro. Tendo como objectivo a obtenção comercial de imagens da superfície terrestre, o Flock-2b (3) foi lançado a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. A sua reentrada deu-se 422 dias depois do lançamento.

O veículo de carga Russo, Progress MS-02 (41463 2016-022A) reentrou na atmosfera a 14 de Outubro de 2016 após 197 dias em órbita.

Os satélites Flock-2b (9) (40963 1998-067HL) e Flock-2b (4) (40953 1998-067HE) reentraram na atmosfera a 16 e 17 de Outubro, tendo permanecido em órbita 424 e 425 dias, respectivamente. Tendo como objectivo a obtenção comercial de imagens da superfície terrestre, os dois satélites foram lançados a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. 

O satélite GOM-X3 (40949 1998-067HA) reentrou na atmosfera a 18 de Outubro, após 426 dias em órbita. O GOM-X3 serviu para levar a cabo operações de demonstração tecnológica em órbita e foi lançado a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. 

O estágio superior (41760 2016-056B) do foguetão lançador Shaviyt-2, reentrou na atmosfera a 21 de Outubro. Tendo servido para colocar em órbita o satélite Ofeq-11, a reentrada deu-se 38 dias após o lançamento.

O satélite Flock-2b (1) (40950 1998-067HB) reentrou na atmosfera a 22 de Setembro. Tendo como objectivo a obtenção comercial de imagens da superfície terrestre, o Flock-2b (1) foi lançado a bordo do veículo de carga Japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. A sua reentrada deu-se 400 dias depois do lançamento.

Próximas reentradas:

VesselSat-2 (38047 2012-001B) – 26 de Outubro

IGS-3A (29393 2006-037A) – 29 de Outubro

S-Cube (40898 1998-067GY) – 16 de Novembro

Deixe um comentário