Regressos e reentradas (44)



Shijian-10 9

Entre 20 de Março e 7 de Maio de 2016 registou-se a reentrada de três satélites e de três estágios superiores, além do regresso de um satélite.

Obviamente, outros objectos reentraram na atmosfera neste período, no entanto os objectos aqui listados são apenas os objectos principais resultantes de cada lançamento orbital (cargas operacionais e estágios superiores), excluindo-se os objectos classificados como detritos ou mesmo aqueles descartados a partir da estação espacial internacional (exceptuando, claro está, os satélites operacionais) e a partir de satélites operacionais e que são usualmente classificados como ‘detritos espaciais’.

O satélite SERPENS-1 (40897 1998-067GX) reentrou na atmosfera a 27 de Março, 221 dias após o seu lançamento que teve lugar às 11:50:49UTC do dia 19 de Agosto de 2015 sendo transportado a bordo do veículo de carga japonês HTV-5 ‘Kounotori-5’ colocado em órbita pelo foguetão H-2B/304 a partir da Plataforma de Lançamento LP2 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro de Lançamento de Satélites de Tanegashima.

O satélite ChargerSat (39405 2013-064AB) reentrou na atmosfera a 20 de Março. O seu lançamento teve lugar às 01:15UTC do dia 20 de Novembro de 2013 e foi levado a cabo por um foguetão Minotaur-I a partir do Complexo de Lançamento LP-0B do MARS Wallops Island. A reentrada ocorre 851 após o lançamento.

A 16 de Abril reentrou na atmosfera o satélite meteorológico Molniya-1 (93) (28163 2004-005A). O satélite foi lançado às 07:06:15,983UTC do dia 18 de Fevereiro de 2004 pelo foguetão 8K78M Molniya-M/2BL (76093690) a partir do Complexo de Lançamento LC16/2 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk. A reentrada dá-se 4.441 dias após o lançamento.

O satélite chinês SJ-10 Shijian-10 regressou à Terra a 18 de Abril após uma missão de 12 dias em órbita. O seu lançamento ocorreu a 6 de Abril de 2016.

O segundo estágio do foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D (Y36) reentrou na atmosfera terrestre a 18 de Abril após 12 dias em órbita. Este foguetão foi utilizado para colocar em órbita o satélite recuperável SJ-10 Shijian-10.

O estágio superior Volga (R15000-006) (41468 2016-026E) reentrou na atmosfera a 28 de Abril. O estágio foi utilizado no lançamento inaugural do Cosmódromo de Vostochniy nesse mesmo dia.

O estágio Blok-I (41467 2016-026D) do foguetão 372RN16 Soyuz-2-1A/Volga (R15000-001/R15000-006) utilizado no lançamento inaugural do Cosmódromo de Vostochniy a 28 de Abril de 2016, reentrou na atmosfera a 30 de Abril.

O satélite DART (28642 2005-014A) reentrou na atmosfera a 7 de Maio. O satélite Demonstration of Autonomous Rendezvous Technology, serviu para demonstrar tecnologias de aproximação autónoma em órbita como parte do programa Space Launch Initiative (SLI) da NASA. O DART foi lançado às 17:26:52UTC do dia 15 de Abril de 2005 por um foguetão Pegasus-XL/HAPS (F36) transportado pelo avião L-1011 Stargazar a partir da Pista de Voo RW3 da Base Aérea de Vandenberg. A sua reentrada ocorre 4.040 dias após o seu lançamento.

Próximas reentradas:

– Trailblazer (39400 2013-064W): 14 de Maio

Deixe um comentário