Regressos e reentradas (37)



Reentrada

Entre 30 de Outubro e 20 de Novembro de 2015 registou-se a reentrada de três satélites.

Obviamente, outros objectos reentraram na atmosfera neste período, no entanto os objectos aqui listados são apenas os objectos principais resultantes de cada lançamento orbital (cargas operacionais e estágios superiores), excluindo-se os objectos classificados como detritos ou mesmo aqueles descartados a partir da estação espacial internacional (exceptuando, claro está, os satélites operacionais) e a partir de satélites operacionais e que são usualmente classificados como ‘detritos espaciais’.

nfire2O satélite NFIRE ‘Near Field Infrared Experiment‘ (31140 2007-014A) reentrou na atmosfera a 4 de Novembro. O satélite foi lançado às 0648UTC do dia 24 de Abril de 2007 a partir do Complexo de Lançamento LA-0B do MARS Wallops Island, pelo foguetão Minotaur-1 (SLV-7). A missão do NFIRE era a de testar tecnologias que permitissem distinguir entre os gases de combustão emitidos por um míssil balístico e o próprio míssil. A reentrada deu-se 3116 dias após o seu lançamento. 

O satélite GEARRS-1 (40456 1998-067FZ) reentrou na atmosfera a 8 de Novembro, após 483 dias em órbita. O satélite foi transportado a bordo do veículo de carga Cygnus Orb-2 (CRS2) ‘Janice Voss’ lançado às 1652:16UTC do dia 13 de Julho de 2014 a partir da Plataforma de Lançamento LP-0A do MARS Wallops Island, tendo posteriormente sido colocado em órbita a partir da estação espacial internacional. O GEARRS-1 tinha como objectivo analisar se a utilização da rede de comunicações global Globalstar seria uma opção fiável para o comando e o controlo de pequenos sistemas de satélites e CubeSats.

Lançado a 27 de Novembro de 1997, o satélite Hikoboshi ‘ETS-7’ (25064 1997-074B) reentrou na atmosfera a 13 de Novembro. O satélite foi colocado em órbita juntamente com dois outros satélites pelo foguetão H-II (H-II-6F) a partir do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima. O Hikoboshi era o segundo satélite da missão ETS-7 (juntamente com o Orihime) e ambos tinham como missão levar a cabo manobras de encontro e uma acoplagem em órbita. Apesar de vários problemas técnicos, a acoplagem foi conseguida a 7 de Julho de 1998. A reentrada dá-se 6560 dias após o lançamento.

As próximas reentradas previstas são:

– Vermont Lunar (39407 2013-064AD): 21 de Novembro

– C/NOFS (32765 2008-017A): 27 de Novembro

– Prometheus-1 (7) (39399 2013-064V): 3 de Dezembro

– Prometheus-1 (5) (39393 2013-064P): 4 de Dezembro

– Prometheus-1 (8) (39401 2013-064X): 5 de Dezembro

– Prometheus-1 (3) (39408 2013-064AE): 9 de Dezembro

– Prometheus-1 (6) (39394 2013-064AQ): 10 de Dezembro

– Prometheus-1 (1) (39406 2013-064AC): 11 de Dezembro

– Prometheus-1 (2) (39391 2013-064M): 13 de Dezembro

– Prometheus-1 (4) (39390 2013-064L): 14 de Dezembro

– SWAMPSat (39402 2013-064Y): 14 de Dezembro

– Gruzomaket (28098 2003-055A): 19 de Dezembro

– ORSES (39386 2013-064G): 28 de Dezembro

Deixe um comentário