Regresso à Terra adiado



 

O regresso à Terra dos cosmonautas Alexander Skvortsov e Mikhail Kornienko, e da astronauta Tracy Caldwell Dyson foi adiado devido a um problema técnico que impediu a separação da Soyuz TMA-18.

O problema está relacionado com os dispositivos de fixação do módulo Poisk que mantêm a Soyuz TMA-18 presa à ISS. Os dispositivos de fixação, semelhantes a pequenos ganchos, haviam sido abertos antes da separação da cápsula sendo novamente encerrados. Porém, quando a tripulação tentou de novo operar os dispositivos, estes não funcionaram devidamente, mantendo a Soyuz TMA-18 fixa em relação à ISS.

Os engenheiros russos determinaram que as dificuldades iniciais que foram sentidas no encerramento da escotilha da Soyuz TMA-18 e o facto dos micro-indicadores não indicarem que a escotilha estava devidamente selada, impediram o circuíto de passar os comandos para abrir os sistemas de fixação. Presentemente, procura-se uam solução para ultrapassar este problema.

O regresso está agora previsto para ter lugar no dia 25 de Setembro com os dois veículos a separarem-se pelas 0302UTC, levando a uma manobra de retro-travage, às 0532UTC e a uma aterragem às 0622UTC.

Deixe um comentário