Qual poderá ser a tripulação da Shenzhou-11?



sz-10-1

A tripulação da próxima missão espacial Chinesa, a SZ-11 Shenzhou-11, deverá chegar ao Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan no dia 12 de Outubro, iniciando assim os preparativos finais para o lançamento que deverá ter lugar a 16 de Outubro.

O analista Tony Quine tenta neste artigo determinar qual poderá ser a composição da tripulação da próxima missão espacial tripulada da China.

A possível tripulação da Shenzhou-11

Prever as tripulações envolvidas nos voos espaciais tripulados da China, é sempre um processo difícil e pouco fiável.

A História mostra que não existe um padrão e, por exemplo, sendo uma tripulação suplente, para a SZ-5 Shenzhou-5, SZ-6 Shenzhou-6 ou SZ-7 Shenzhou-7, não garante a participação na missão seguinte.

A excepção para esta «regra» foi a missão SZ-10 Shenzhou-10 que foi lançada com a tripulação suplente da SZ-9 Shenzhou-9. Isto aconteceu possivelmente devido ao facto de as missões serem muito semelhantes e, no que diz respeito à China, muito próximas em termos temporais, sendo lançadas com um intervalo de «apenas» 12 meses.

Até agora, as autoridades Chinesas somente anunciaram que a tripulação da SZ-11 será composta por dois homens. Inicialmente, isto causou alguma surpresa entre os observadores do programa espacial Chinês, mas parece que o terceiro membro da tripulação terá sido sacrificado para assim permitir o alongamento da missão para 30 dias.

Os especialistas Chineses quererão também determinar a efectividade e a praticabilidade de uma tripulação de dois elementos para futuras missões, e comparar dados com a informação recolhida nas missões SZ-9 e SZ-10.

Por altura da missão SZ-9, a China anunciou que todas as futuras tripulações iriam incluir um tripulantes (taikonauta) com experiência e assim parece razoável assumir que este requisito ainda está em prática.

buomingLogicamente, os candidatos mais prováveis são Liu Boming, veterano da missão SZ-7 e Comandante da tripulação suplente da SZ-10, Liu Wang, ou Zhang Xiaoguan, que se estrearam nas missões SZ-9 e SZ-10, respectivamente. Estes dois últimos, ambos com experiência de acoplagem e de permanência a bordo do módulo orbital TG-1 Tiangong-1, podem parecer as escolhas mais prováveis, mas de momento não sabemos que outros factores, tais como a compatibilidade de tripulações ou mesmo o estado de saúde, preparação física ou preparação técnica, podem ser tidos em conta. No entanto, Zhang Xiaoguan foi visto m público no dia 5 de Outubro, o que de certa forma implica que não esteja envolvido na missão SZ-11.

Podemos, nesta altura, eliminar um ou dois outros prováveis candidatos, tais como Yang Liwei e Nie Haisheng que participaram no Congresso Planetário da Associação de Exploradores Espaciais que decorreu a 5 de Outubro em Viena, Austria, e que claramente não estão envolvidos nesta missão. Por outro lado, Fei Julong ocupa agora um cargo de gestão no Centro de Treino de Taikonautas e outros membros da selecção de 1998, tanto veteranos como não veteranos, ultrapassaram os 50 anos de idade e estão provavelmente retirados.

лªÉçÕÕƬ£¬±±¾©£¬2012Äê6ÔÂ15ÈÕ     Öйúº½ÌìÔ±ÁõÍú     ÁõÍú£¬ÄУ¬ºº×壬ɽÎ÷ʡƽңÏØÈË£¬Öй²µ³Ô±£¬Ë¶Ê¿Ñ§Î»¡£1969Äê3Ô³öÉú£¬1988Äê8ÔÂÈëÎ飬1988Äê6ÔÂÈëµ³£¬ÏÖΪÖйúÈËÃñ½â·Å¾üº½ÌìÔ±´ó¶Ó¶þ¼¶º½ÌìÔ±£¬´óУ¾üÏΡ£ÔøÈοվüijʦijÍÅij·ÉÐдó¶ÓÖжӳ¤£¬°²È«·ÉÐÐ1000Сʱ£¬±»ÆÀΪ¿Õ¾ü¶þ¼¶·ÉÐÐÔ±¡£1998Äê1ÔÂÕýʽ³ÉΪÎÒ¹úÊ×Åúº½ÌìÔ±¡£¾­¹ý¶àÄêµÄº½ÌìԱѵÁ·£¬Íê³ÉÁË»ù´¡ÀíÂÛ¡¢º½Ìì»·¾³ÊÊÓ¦ÐÔ¡¢º½Ììרҵ¼¼Êõ¡¢·ÉÐгÌÐòÓëÈÎÎñÄ£ÄâѵÁ·µÈ8´óÀ༸ʮ¸ö¿ÆÄ¿µÄѵÁ·ÈÎÎñ£¬ÒÔÓÅÒì³É¼¨Í¨¹ýº½ÌìԱרҵ¼¼Êõ×ۺϿ¼ºË¡£2012Äê3Ô£¬ÈëÑ¡ÉñÖ۾źÅÈÎÎñ·ÉÐгË×é¡£     лªÉç·¢£¨ÇØÏÜ°² É㣩

Determinar quem ocupará o segundo assento a bordo da SZ-11 é ainda mais complicado e incerto! De facto, a tripulação pode ser composta pelos dois veteranos indicados em cima (Liu Boming e Liu Wang), mas esta opção parece pouco provável. Pode também ser um dos taikonautas do grupo original de taikonautas seleccionado em 1998, tais como Deng Qingmin ou Pan Zhanchun. Pensa-se que este dois homens terão feito parte da tripulação suplente da SZ-10. Esta missão pode muito bem ser a última possibilidade que algum deles tenha para realizar uma missão espacial após permanecerem no corpo de taikonautas por mais de 18 anos. Ambos terão mais de 50 anos quando a estação espacial modular TG Tiangong começar a ser construída em órbita terrestre a partir de 2018. Assim, é possível que o seu longo serviço possa ser reconhecido com a atribuição de um lugar a bordo da SZ-11.

Outros elementos do grupo de 1998, tais como Chen Quan e Wu Jie, que serviram como suplentes num passado distante, estão provavelmente retirados, pois não figuram em qualquer plano de tripulações nos últimos 10 anos e ambos terão mais de 50 anos de idade.

Talvez a opção mas provável seja a de que o segundo assento a bordo da SZ-11 venha a ser ocupado por um dos cinco homens seleccionados em 2010 e que apenas estiveram disponíveis para um voo espacial a partir de 2014. Estes homens são muito mais jovens do que os que foram seleccionados em 1998 e provavelmente formarão o núcleo dos Comandantes para as missões destinadas à estação espacial modular. Porém, nenhum deles ainda tem experiência em voo espacial.

Se um dos elementos deste grupo for seleccionado para a SZ-11, irá proporcionar um novo ‘veterano’ que estará assim disponível para comandar uma das missões iniciais para a estação espacial Tiangong.

Dos cinco candidatos podemos com segurança eliminar Ye Guangfu, pois este participou no projecto CAVES da ESA em Julho de 2016, bem como o seu suplente, Chen Dong. Assim, temos Cai Xuzhe, Tang Hongbo e Lu Zhang, como os principais candidatos para o segundo lugar na SZ-11.

É também possível que surja um nome totalmente novo. Em Setembro de 2014, Yang Liwei referiu no Congresso Planetário da Associação de Exploradores Espaciais que teve lugar em Pequim, China, que a selecção de um terceiro grupo de taikonautas seria feita em breve, dentro de dois anos. Desde então, nada foi referido. Yang indicou que este grupo poderia ser seleccionado a partir de engenheiros, médicos e psicólogos já relacionados com a industria espacial Chinesa.

Sendo possível que este grupo tenha já sido seleccionado sem qualquer tipo de anuncio público, as possibilidades de algum deles ser designado para voar a bordo da SZ-11, é no entanto muito baixa e em especial numa tripulação de dois elementos.

Assim, a opção mais lógica será Liu Boming ou Liu Wang, juntamente com Cai Xuzhe, Tang Hongbo ou Lu Zhang.

Brevemente saberemos!

Deixe um comentário