Próximas missões espaciais tripuladas



Quais serão as futuras tripulações a serem lançadas para o espaço?

O ano de 2018 poderá assistir ao lançamento de cinco missões espaciais tripuladas, sendo uma delas a primeira missão tripulada lançada por uma empresa privada.

A tripulação da Soyuz MS-08, cujo lançamento está previsto para 15 de Março de 2018, deverá ser composta pelo cosmonauta Oleg Germanovich Artemyev (Rússia, Comandante), e pelos astronautas Andrew Jay Feustel (EUA, Engenheiro de Voo n.º 1) e Richard Robert Arnold (EUA, Engenheiro de Voo n.º 2). A tripulação suplente é composta por Alexei Nikolayevich Ovchinin (Rússia), Tyler Nicklaus Hague (EUA) e por um astronauta Norte-americano ainda não designado. 

A Soyuz MS-09, cujo lançamento está previsto para 6 de Junho de 2018, deverá ser composta por Sergei Valerievich Prokopyev (Rússia, Comandante), Alexander Gerst (Alemanha, Engenheiro de Voo n.º 1) e Jeanett Jo Epps (EUA, Engenheira de Voo n.º 2), com a tripulação suplente a ser composta por Oleg Dmitriyevich Kononenko (Rússia), Serena Maria Auñón-Chancellor (EUA) e por David Saint-Jacques (Canadá).

A tripulação da Soyuz MS-10, cujo lançamento está previsto para 14 de Setembro de 2018, deverá ser composta por dois cosmonautas e um astronauta. O comando estará a cargo do Russo Alexei N. Ovchinin, com Nikolai Vladimirovich Tikhonov a ser nomeado como Engenheiro de Voo n.º 1. Os Estados Unidos nomearam Tyler N. Hague. A tripulação suplente é composta pelo cosmonauta Oleg Ivanovich Skripochka (Rússia), pelo cosmonauta Andrei Nikolayevich Babkin (Rússia) e pela astronauta Shannon Walker (EUA).

A última missão espacial tripulada de 2018 está nesta altura prevista para ter lugar a 15 de Novembro. A Soyuz MS-11 será tripulada por Oleg D. Kononenko (Rússia, Comandabte), David Saint-Jacques (Canadá, Engenheiro de Voo n.º 1) e por Serena Maria Auñón-Chancellor (EUA, Engenheiro de Voo n.º 2). Ainda não está designada uma tripulação suplente.

Deixe um comentário