Prolongada a estadia de Samantha no espaço



Samantha-A 001

A missão da astronauta da ESA Samantha Cristoforetti na Estação Espacial Internacional foi prolongada até ao princípio de Junho. Estava planeado terminar no final desta semana com o seu regresso à Terra juntamente com o astronauta da NASA Terry Virts e o cosmonauta Anton Shkaplerov.

O adiamento ocorreu porque a nave de carga da agência espacial russa, Progress M-27M, não conseguiu chegar à Estação, na semana passada, ardendo na atmosfera numa reentrada descontrolada.

O incidente veio suspender os lançamentos que se seguiam, até que se conclua a investigação à falha. Os seis astronautas a bordo do complexo orbital têm mantimentos suficientes para muitas semanas, independentemente desta perda, por isso o seu bem estar não será afectado por esta mudança de planos.

Em breve será fornecida a nova data de regresso, pela agência Roscosmos.

Cinco meses no espaço

A missão de Samantha tem o nome de Futura para realçar a investigação em ciência e a tecnologia que ela está a fazer num ambiente de ausência de peso, para ajudar no nosso futuro. A astronauta está a voar pela ESA, para a ASI – agência espacial italiana – sob um acordo especial entre a ASI e a NASA.

Samantha, Terry e Anton chegaram à Estação quando o foguete Soyuz TMA-15M acoplou a 24 de Novembro de 2014.

Desde então já receberam a visita de cinco naves de carga e trabalharam em inúmeras experiências.

Na semana de 40 horas de trabalho, é gasto tanto tempo quanto possível em experiências científicas. Samantha está a fazer experiências em nome da ASI e da ESA, mas também em experiências de cientistas de várias partes do mundo. Muitas são a continuação de experiências anteriores – a longevidade da Estação é uma das razões porque este projecto é tão especial para os cientistas.

Ligue-se à Samantha e conheça a missão Futura pelos seus olhos, viasamanthacristoforetti.esa.int

Notícia e imagem: ESA

Deixe um comentário