Primeira imagem de BepiColombo do Espaço

O Módulo de Transferência de Mercúrio do BepiColombo (MTM) enviou a sua primeira imagem a partir do espaço. A imagem dá a perspectiva de uma das matrizes solares estendidas, que foi desdobrada no início da manhã e confirmada por telemetria. A estrutura no canto inferior esquerdo é um dos sensores solares no MTM, com o isolamento multicamada claramente visível.

O módulo de transferência está equipado com três câmaras de monitorização, que fornecem instantâneos em preto e branco e com resolução de 1024 x 1024 pixels. As outras duas câmaras serão ativadas amanhã e espera-se que capturem imagens das antenas de médio e alto ganho implantadas a bordo da Sonda Planetária de Mercúrio (MPO).


As câmaras de monitorização serão usadas em várias ocasiões durante a fase de cruzeiro, especialmente durante os sobrevoos na Terra, Vénus e Mercúrio. Enquanto a MPO está equipada com uma câmara científica de alta resolução, esta só poderá ser operada após a separação do MTM ao chegar a Mercúrio, no final de 2025, porque, assim como vários dos 11 instrumentos, está localizada na lateral da nave espacial fixa ao MTM durante o cruzeiro.

BepiColombo foi lançada às 01:45 GMT de 20 de Outubro num Ariane-5ECA. A missão BepiColombo é um empreendimento conjunto entre a ESA e a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão, a JAXA. É a primeira missão europeia a Mercúrio, o menor e menos explorado planeta do Sistema Solar interior, e o primeiro a enviar duas aeronaves para fazer medições complementares do planeta e do seu ambiente dinâmico, ao mesmo tempo.

Mais sobre as câmaras de monitorização.

Notícia e imagem: ESA

Edição: Rui C. Barbosa

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

 

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: