Preparativos para o lançamento da Soyuz MS-11 (II)

Nos Cosmódromo de Baikonur continuam sem problemas os preparativos para o lançamento da Soyuz MS-11 que irá transportar três novos elementos para a tripulação permanente da estação espacial internacional.

No dia 23 de Novembro, a Soyuz MS-11, já abastecida com os prepolentes e gases de pressurização nevessários para as suas manobras orbitais, foi transportada de volta para as instalações de processamento da Área 254 (MIK 24) do Cosmódromo de Baikonur, tendo sido instalada na plataforma de processamento onde foi submetida aos preparativos finais para o lançamento.


A 24 de Novembro, a cápsula espacial foi acoplada com a Secção de Transferência do foguetão lançador 11A511U-FG Soyuz-FG. Esta secção é um módulo cilíndrico que faz a ligação física entre o lançador e a carga, nesta caso a Soyuz MS-11, servindo também como ponto de apoio para as duas metades da carenagem de protecção de carga.

Seguidamente, a Soyuz MS-11 será inspeccionada pelos especialistas da Corporação RKK Energia e pela tripulação na sua configuração de voo, sendo posteriormente colocada no interior da carenagem de protecção, constituindo assim o Módulo Orbital antes de ser transportado para as instalações de integração e montagem do foguetão lançador no MIK-112.

A tripulação principal da Soyuz MS-11 é composta pelo cosmonauta Russo, Oleg Dmitriyevich Kononenko (Comandante da Soyuz MS-11 e que fará o seu quarto voo espacial orbital), pelo astronauta Canadiano, Dadiv Saint-Jacques (Engenheiro de Voo n.º e que fará o seu primeiro voo espacial orbital) e pela astronauta Norte-america, Anne Charlotte McClain (Engenheira de Voo n.º 2 e que fará o seu primeiro voo espacial orbital). Por seu lado, a tripulação suplente é composta pelo cosmonauta Russo, Alexander Alexandrovich Skvortsov (Comandante), pelo astronauta Italiano, Luca Salvo Parmitano (Engenheiro de Voo n.º 1) e pelo astronauta Norte-americano, Andrew Richard Morgan (Engenheiro de Voo n.º 2).

Oleg Kononenko, Dadiv Saint-Jacques e Anne McClain irão fazer parte da Expedição 57 da qual já fazem parte Alexander Gerst (Alemanha, Comandante),  Sergei Valerievich Prokopyev (Rússia, Engenheiro de Voo n.º 2) e Serena Maria Auñón-Chancellor (EUA, Engenheira de Voo n.º 3). Mais tarde, Oleg Kononenko irá assumir o comando da Expedição 58 da qual farão parte (para além de Dadiv Saint-Jacques e Anne McClain) Oleg Ivanovich Skripochka (Rússia, Engenheiro de Voo n.º 4), Christina Marie Hammock-Koch (EUA, Engenheira de Voo n.º 5) e Tyler Nicklaus Hague (EUA, Engenheiro de Voo n.º 6) – que serão lançados a bordo da Soyuz MS-12 a 5 de Abril de 2019. Gerst, Prokopyev e Auñón-Chancellor regressarão à Terra a 20 de Dezembro de 2018.

O lançamento do veículo  11F732A48 n.º 741, que receberá a designação Soyuz MS-11, está previsto para ter lugar às 1131UTC do dia 3 de Dezembro de 2018 e será levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (N15000-069) a partir da Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 ‘Gagarinskiy Start’ do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Imagens: RKK Energia e Roscosmos

 

%d blogueiros gostam disto: