Philae em modo inactivo



Philae-01

Sem energia nas suas baterias e não havendo luz solar suficiente para as recarregar, o módulo Philae entrou em ‘modo inactivo’ no que poderá ser um longo silêncio a partir da superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Neste modo, todos os instrumentos e a maior parte dos seus sistemas estão desligados, segundo a ESA.

Antes de ficar silencioso, o Philae foi capaz de transmitir todos os dados científicos que foram reunidos durante a denominada First Science Sequence, desempenhando todas as tarefas possíveis em condições tão difíceis. O contacto foi perdido às 0036UTC do dia 15 de Novembro de 2014. Esta perda de contacto aconteceu perto do que estava previsto com a Rosetta a descer abaixo do horizonte. A partir de agora não será possível qualquer contacto a não ser que a quantidade suficiente de luz solar ilumine os painéis solares para gerar energia suficiente para «despertar» o veículo.

A possibilidade de que isto possa vir a acontecer foi elevada quando os controladores da missão enviaram comandos para rodar o corpo principal do Philae, aos quais os painéis solares estão ligados. Isto pode expor uma maior área dos painéis solares à luz do Sol.

Imagem: ESA

Deixe um comentário