Vídeo da separação da Soyuz TMA-18 da ISS

Vídeo: NASA

Leia mais

Soyuz TMA-18 aterra em segurança

A Soyuz TMA-18 tripulada por Alexander Skvortsov, Tracy Caldwell Dyson e Mikhail Korniyenko, regressou à Terra após 176 em órbita. A aterragem teve lugar às 0523UTC perto da cidade de Arkalyk, Cazaquistão.

O regresso estava inicialmente previsto para ter lugar a 24 de Setembro, mas problemas técnicos impediram de ser levado a cabo. 

A separação entre a Soyuz TMA-18 e a ISS teve lugar às 0202:12UTC com a manobra de retro-travagem a ter lugar às 0431:17UTC.

O voo espacial de  Alexander Skvortsov, Tracy Caldwell Dyson e Mikhail Korniyenko teve uma duração de 176 dias 1 hora e 18 minutos.

 

 


 
  
 
 

Imagens / Vídeo: Roscosmos e NASA 

Leia mais

Regresso à Terra adiado

 

O regresso à Terra dos cosmonautas Alexander Skvortsov e Mikhail Kornienko, e da astronauta Tracy Caldwell Dyson foi adiado devido a um problema técnico que impediu a separação da Soyuz TMA-18.

O problema está relacionado com os dispositivos de fixação do módulo Poisk que mantêm a Soyuz TMA-18 presa à ISS. Os dispositivos de fixação, semelhantes a pequenos ganchos, haviam sido abertos antes da separação da cápsula sendo novamente encerrados. Porém, quando a tripulação tentou de novo operar os dispositivos, estes não funcionaram devidamente, mantendo a Soyuz TMA-18 fixa em relação à ISS.

Os engenheiros russos determinaram que as dificuldades iniciais que foram sentidas no encerramento da escotilha da Soyuz TMA-18 e o facto dos micro-indicadores não indicarem que a escotilha estava devidament...

Leia mais

Chang’e-2 lançada a 1 de Outubro

 

A China irá lançar a sua segunda sonda lunar, a Cheng’e-2, a 1 de Outubro dando assim início à segunda fase do seu programa de exploração lunar.

A Chang’e-2 foi o veículo suplente da Chang’e-1, lançada a 24 de Outubro de 2007, e a sua principal missão será a de recolher dados para a missão da Chang’e-3 que terá como objectivo levar a cabo uma alunagem suave no nosso satélite natural.

Se for lançada a 1 de Outubro, a Chang’e-2 irá chegar à órbita lunar no dia 6 de Outubro. A sonda está equipada com um sistema de observação capaz de obter umagens com uma resolução de 7 metros ou com uma resolução de 1 metro nas órbitas mais baixas.

A Chang’e-2 será lançada por um foguetão CZ-3C Chang Zheng-3C (CZ3C-5/Y7) a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xi Chang.

Leia mais

Chang'e-2 lançada a 1 de Outubro

 

A China irá lançar a sua segunda sonda lunar, a Cheng’e-2, a 1 de Outubro dando assim início à segunda fase do seu programa de exploração lunar.

A Chang’e-2 foi o veículo suplente da Chang’e-1, lançada a 24 de Outubro de 2007, e a sua principal missão será a de recolher dados para a missão da Chang’e-3 que terá como objectivo levar a cabo uma alunagem suave no nosso satélite natural.

Se for lançada a 1 de Outubro, a Chang’e-2 irá chegar à órbita lunar no dia 6 de Outubro. A sonda está equipada com um sistema de observação capaz de obter umagens com uma resolução de 7 metros ou com uma resolução de 1 metro nas órbitas mais baixas.

A Chang’e-2 será lançada por um foguetão CZ-3C Chang Zheng-3C (CZ3C-5/Y7) a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xi Chang.

Leia mais

Regressar e sobreviver

Um vídeo sobre as situações de emergência no regresso à Terra.

Vídeo: TV Roscosmos

Leia mais