2010 AL30 é lixo espacial

 

Uma análise dos parâmetros orbitais do objecto 2010 AL30 levada a cabo por Michael Khan da Agência Espacial Europeia, sugere que este objecto pode ser o estágio superior russo Fregat que foi utilizado em Novembro de 2005 para colocar a caminho de Vénus a sonda europeia Venus Express.

De recordar que a Venus Express foi lançada por um foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG/Fregat (Zh15000-010/1010/ST-15) às 0333:34,454UTC do dia 9 de Novembro de 2005 da partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão.

A Venus Express entraria na órbita de Vénus a 11 de Abril de 2006.

Imagem: Roskosmos

Leia mais

CryoSat-2 – Relatório de Missão nº 1

O Boletim Em Órbita inicia hoje a publicação dos relatórios de missão que irão acompanhar os preparativos para o lançamento do satélite europeu CryoSat-2 previsto para o dia 25 de Fevereiro de 2010. O lançamento deverá ocorrer às 1357UTC e será levada a cabo por um foguetão 15A18 Dnepr-1 a partir do Complexo de Lançamento LC109/95 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão.

O CryoSat-2 pretende responder á questão se o actual aquecimento global está a levar ao desaparecimento da camadas de gelo polares. O satélite vai monitorizar a espessura das camadas de gelo e do gelo flutuante.

A luz verde para o desenvolvimento do CryoSat-2 surgiu em Fevereiro de 2006 após a perda do CryoSat-1 em Outubro de 2006 devido à falha do seu lançador.

A denominada Flight Acceptance Review da missão foi fina...

Leia mais

Continua o processamento do vaivém espacial Endeavour para a missão STS-130

 

O vaivém espacial OV-105 continua o seu processamento para a missão STS-130 prevista para o dia 7 de Fevereiro. A maior parte dos trabalhos a serem levados a cabo estão relacionados com a verificação de fugas durante os trabalhos de validação na plataforma de lançamento. Foram registados alguns pequenos problemas com as APU n.º 1 e APU n.º 3, nomeadamente uma baixa de pressão com a conduta de abastecimento da APU m.º 1 que registou uma queda de pressão durante a verificação de fugas o que levou à substituição de uma válvula de ligação; no caso da APU n.º 3 verificou-se uam situação semelhante durante o segundo teste de fugas. Ambos os problemas foram resolvidos.

No dia 12 de Janeiro os encontros levados a cabo pelo programa do vaivém espacial debruçaram-se sobre a missão STS-130 e sobre a...

Leia mais

Intelsat-16 – Relatório de Missão nº 2

Chegou hoje ao Cosmódromo GIK-5 Baikonur a bordo de um avião de transporte Antonov An-124-100 ‘Ruslan’, o estágio superior 14S43 Briz-M que será utilizado para o lançamento do satélite de comunicações Intelsat-16 no dia 12 de Fevereiro de 2010. O estágio superior foi depois transportado desde o aeroporto Yubileyniy para as instalações do edifício 101 onde será preparado para o lançamento.

Hoje também chegou a Baikonur um segundo grupo de especialistas que irá participar nos preparativos para o lançamento do Intelsat-16.

O lançamento do Intelsat-16 será levado a cabo por um foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M a partir da Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão.

Leia mais

Notícia do Jornal PÚBLICO

Hoje no Jornal PÚBLICO um interessante artigo intitulado "Cosmonautas russos ainda são heróis, mas os futebolistas são mais populares", sobre como os russos vêm o seu programa espacial. Um artigo de Catarina Gomes (texto) e Nuno Ferreira Santos (fotos). Leia mais

Intelsat-16 – Relatório de Missão nº 1

O Boletim Em Órbita inicia hoje a publicação dos Relatórios de Missão que irão descrever os preparativos para o lançamento do satélite de comunicações Intelsat-16 previsto para o dia 12 de Fevereiro de 2010.

O Intelsat-16 foi construído pela Orbital Sciences Corporation e é baseado no modelo Star-2.4. A sua massa no lançamento é de 2.056,6 kg e o satélite terá uma vida operacional de 16 anos. O satélite, também designado IS-16, será localizado na órbita geossíncrona a 58º longitude Oeste. Este satélite de banda Ku de grande potência irá fornecer a capacidade de expansão para a SKY Mexico oferecendo serviços de alta definição, nomeadamente notícias, desporto e programação de entretenimento para os clientes direct-to-home...

Leia mais