Esculpindo o cosmos

Esta turbulenta paleta celestial de roxo e amarelo mostra uma bolha de gás, denominada NGC 3199, soprada por uma estrela conhecida como WR18 (Wolf-Rayet 18).

As estrelas Wolf-Rayet são estrelas massivas, poderosas e energéticas, que estão prestes a chegar ao fim das suas vidas. Elas inundam os seus arredores com ventos fortes, intensos e velozes, que empurram e varrem o material que lá se encontra, esculpindo formas estranhas e maravilhosas enquanto o fazem. Estes ventos podem criar ondas de choque fortes quando colidem com o meio interestelar relativamente frio, fazendo com que aqueçam qualquer coisa na sua vizinhança...

Leia mais

Missão TEXUS-55 lançada a 31 de Maio

A missão suborbital TEXUS-55 foi lançada a 31 de Maio de 2018 a partir do Centro Espacial de Esrange.

O lançamento foi levado a cabo pela Swedish Space Corporation (SSC) utilizando um foguetão-sonda Brasileiro VSB-30.

O lançamento teve lugar às 0400UTC e o lançador atingiu uma altitude de 255 km, tendo a missão aterrado a 59 km do local de lançamento.

A bordo encontravam-se quatro experiências (GENTEX , ParSiWal-3, TRACE-4 e OASIS-TEX).

A missão TEXUS-54 havia sido lançada desde Esrange a 13 de Maio, pelas 0830UTC.

 

 

 

Leia mais

Começa a segunda missão na Estação Espacial para Alexander Gerst

O astronauta da ESA, Alexander Gerst, chegou à Estação Espacial Internacional, juntamente com a astronauta da NASA, Serena Auñón-Chancellor e o comandante da Roscosmos, Sergei Prokopyev, marcando o início da missão ‘Horizons’ de Alexander.

O trio foi lançado para o espaço no dia 6 de Junho, às 11:12 GMT (13:12 CEST), no foguetão Soyuz MS-09, a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

Depois de 34 órbitas à Terra, durante dois dias, os três astronautas alinharam a sua aeronave com a Estação Espacial Internacional, e aproximaram-se do posto orbital para ancoragem. Os dois dias foram passados no apertado módulo orbital da Soyuz, que não é maior do que um carro...

Leia mais

Teste ao instrumento NIRSpec do Webb

Esta imagem abstracta é uma visualização prévia do poder instrumental que será desencadeado quando o Telescópio Espacial James Webb da NASA/ESA/CSA estiver no espaço.

A imagem foi adquirida durante o teste ao instrumento NIRSpec (Near-InfraRed Spectrograph), que faz parte da contribuição da ESA para o observatório internacional. O NIRSpec será usado para estudar objetos astronómicos, com foco em galáxias muito distantes. Fará isso através da divisão da sua luz em espectros – a separação da luz em componentes permite aos cientistas investigar de que são feitos esses objetos.

Criada através da utilização de uma das lâmpadas de calibração interna do instrumento como fonte de luz, a imagem mostra muitos espectros como bandas horizontais que foram gravadas por dois detecto...

Leia mais

Japão vai lançar satélite militar

O Japão vai levar a cabo uma missão militar a 12 de Junho.

O foguetão H-2A/202 (F39) vai ser lançado desde a Plataforma de Lançamento LP1 do Complexo de Lançamento Yoshinubo do Centro Espacial de Tanegashima às 0420UTC, transportando o satélite IGS Radar-6.

O lançamento está previsto para as 0420UTC e pode ser seguido em directo aqui.

Leia mais

Notícias da ESA (878)

– Second Space Station mission for Alexander Gerst begins

– Cabo Verde

– ESA researching atomic layering technique whose inventor won technology’s ‘Nobel’ prize

– Earth from space

– Hawaii lava flow

– Week In Images

– Horizons arrival

Leia mais

Rússia lança Soyuz MS-09 para a ISS

A Corporação Espacial Russa, Roscosmos, levou a cabo o lançamento da cápsula espacial tripulada Soyuz MS-09 (Союз МC-09) às 1112:39,519UTC do dia 6 de Junho de 2018, transportando a bordo três novos membros para a Expedição 56/57 a bordo da estação espacial internacional onde deverão permanecer durante cerca de 187 dias.

O lançamento da Soyuz MS-09 (11F732A48 n.º 739) foi levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (U15000-064) a partir da Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 (17P32-5) ‘Gagarinskiy Start’ do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Com uma massa de 7.220 kg, a Soyuz MS-09 foi colocada numa órbita inicial com um perigeu a 198.3 km, apogeu a 254,4 km e inclinação orbital de 51,66° e período orbital de 88,74 minutos...

Leia mais