Astronomia no Zénite e Boletim Em Órbita no Twitter

O sítio Astronomia no Zénite e o Boletim Em Órbita estão também no Twitter em http://twitter.com/zenite_nu.

Venha visitar-nos!!!

Leia mais

GOES-P – Relatório de Missão nº 3

O foguetão lançador Delta-IV Medium+(4,2) (D348) que será utilizado para colocar em órbita o próximo satélite Geostationary Operational Environmental Satellite (GOES-P), foi transportado para o Complexo de Lançamento SLC-37B do Cabo Canaveral AFS, Florida.

O GOES-P foi desenvolvido pela NASA para a National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA). A NASA estabeleceu um contrato com a Boeing para construir e lançar o satélite.

O NASA Launch Services Program no Centro Espacial Kennedy suporta o lançamento num papel consultivo. A gestão do programa da NASA para o GOES-P é da responsabilidade do Centro de Voo Espacial Goddard. Após o lançamento, e uma vez terminada a verificação orbital por parte da Boeing e da NASA, o satélite será transferido para a NOAA e rebaptizado GOES-15.

O lançament...

Leia mais

ESA – Imagem da Semana

 

Esta imagem enviada pelo satélite Envisat mostra o lado Este da Ilha de Ellesmere (esquerda), a ilha canadiana mais a Norte, e partes da costa Noroeste da Gronelândia (direita), a maior ilha do planeta.

A ILha de Ellesmere, a 10ª maior ilha, é considerada como parte das Ilhas Raínha Isabel, o grupo de ilhas mais a Norte no arquipélago ártico canadiano. Os glaciares e calotes de gelo cobrem cerca de 80.000 qulómetros quadrados da Ilha de Ellesmere.

A Terra de Inglefield é visível no canto inferior direito com uma coloração cinzenta contrastando com as cores branca e azulada de uma calote de gelo.

Na imagem, as cores azul, púrpura e verde respresentam as águas do Estreito de Nares, que agrega vários corpos de água...

Leia mais

China prepara lançamento do BeiDou-2 (COMPASS-G1)

 

A China está a poucas horas de proceder ao lançamento de um novo satélite de navegação BeiDou-2 ‘北斗-2’ (COMPASS-G1). O lançamento deverá ter lugar pelas 1600UTC do dia 16 de Janeiro e será levado a cabo por um foguetão CZ-3C Chang Zheng-3C (CZ3C-3) a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xi Chang, província de Sichuan.

Este será o primeiro lançamento orbital de 2010.

Segundo as autoridades chineses tanto o foguetão lançador como o satélite estão em boas condições e prontos para o lançamento.

A China pretende que o sistema de navegação por satélite BeiDou, venha a ser composto por 35 satélites por volta do ano 2020, proporcionando assim uma cobertura global, referiu Hu Gang Vice-Presidente da BDStar Navegation Co. Ltd.

Espera-se que o sistema BeiDou possa rivalizar com o sistema GPS ...

Leia mais

CryoSat-2 – Relatório de Missão nº 2

No Cosmódromo GIK-5 Baikonur continuam os trabalhos intensivos dos preparativos para o lançamento do satélite europeu CryoSat-2.

No dia 14 de Janeiro os pecialistas da Roskosmos com o apoio dos especialistas da Yuzhmash (Ucrânia) procederam à colocação do foguetão lançador 15A18 Dnepr-1 no interior do silo de lançamento na Area 109. No dia 15 procede-se à colocação do terceiro estágio do lançador.

Após a colocação do terceiro estágio irão iniciar-se as verificações dos sistemas e dar-se-ão início aos procedimentos de serviço do lançador.

O lançamento do satélite europeu CryoSat-2 está previsto para o dia 25 de Fevereiro de 2010 devendo ocorrer às 1357UTC e será levada a cabo por um foguetão 15A18 Dnepr-1 a partir do Complexo de Lançamento LC109/95 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquist...

Leia mais

Kotov e Surayev levam a cabo actividade extraveícular

 

A estação espacial internacional está agora equipada com quatro portos de acoplagem para os veículos Soyuz TMA e Progress-M, um passo importante para o aumento da sua tripulação permanente para seis elementos. Os cosmonautas russos Oleg Kotov (riscas azuis) e Maxim Surayev (riscas vermelhas)  levaram a cabo uma actividade extraveícular no dia 14 de Janeiro de 2010 para preparar o módulo Poisk para a chegada do primeiro veículos. Este foi o 24º passeio espacial a ser realizado desde o segmento russo da estação espacial e utilizando os fatos extraveículares Orlan-MK, sendo a137ª actividades extraveícular dedicada à montagem ou manutenção da ISS.

Esta AEV teve como objectivos a instalação de uma unidade de alimentação para a antena AFU no sistema Kurs, a instalação das antenas AR e 2AR do Ku...

Leia mais