Orion EFT-1 transportado para a plataforma de lançamento



Orion EFT-1 100

Um passo importante foi dado para a primeira missão da cápsula espacial Orion com o seu transporte para a plataforma de lançamento.

A cápsula Orion Exploration Flight Test -1 (EFT-1) realizou a sua jornada final em terra firma, após o transporte do seu foguetão lançador Delta-IV Heavy para a plataforma de lançamento realizado há algumas semanas. A cápsula será agora acoplada ao último estágio do seu lançador no final desta semana, antes da realização das últimas revisões que irão aprovar a missão.

A35A cápsula EFT-1 Orion nasceu a partir de muitos modelos de aparência semelhante, variando de modelos GTA (Ground Test Articles) até simuladores em pequena escala, todos com o propósito de testar os dados e o know-how que irá permitir o voo da missão EFT-1.

Sendo uma missão de teste sem tripulação a bordo, a missão EFT-1 será uma missão única que tem de correr bem para que a missão EM-1 (Exploration Mission-1) não tenha de ser adiada para lá da actual data de 20 de Setembro de 2018.

Muito está em jogo nesta missão, desde o Critical Design Review (CDR) que terá lugar no próximo ano, até ao apoio político para um programa que ainda tem de fornecer um itinerário ‘realístico’ em direcção ao objectivo final de enviar humanos até Marte.

A viagem da EFT-1 desde as primeiras soldaduras nas instalações MAF (Michoud Assembly Facility, em Nova Orleães, até à sua viagem no dia 12 de Novembro até à plataforma de lançamento, teve uma duração de três anos. A missão terá uma duração de apenas algumas horas.

Este primeiro lançamento, previsto para 4 de Dezembro, verá a cápsula Orion EFT-1 a ser lançada pelo foguetão Delta-IV Heavy até uma altitude de 6.600 km antes de regressar à Terra a uma velocidade de cerca de 9 km/s para uma amaragem no Oceano Pacífico.

A missão será a primeira e última vez que a Orion será transportada por um foguetão Delta-IV Heavy, sendo o futuro da Orion exclusivamente dedicado ao Space Launch System (SLS) lançado a partir da Plataforma de Lançamento 39B do Centro Espacial Kennedy.

2014-11-12-02_17_38-Twitter-350x265Para a missão EFT-1, a Orion foi transportada para o Complexo de Lançamento SLC-37B no Cabo Canaveral AFS, o local de lançamento dos foguetões Deltz-IV na Florida. O transporte para a plataforma de lançamento foi adiado por 24 horas devido às más condições meteorológicas e o transporte foi levado a cabo após a finalização de várias tarefas de processamento. As tarefas finais de preparação incluíram a colocação de calços em dois sistemas de absorção de choques, a inspecção e instalação de acessórios secundários, a finalização da montagem do selo térmico umbilical do sistema de lançamento de emergência, e a remoção do andaime de acesso ao veículos. Foi também realizada uma purga para verificar o nível de fugas no veículo que foi posteriormente pesado.

Com a cápsula agora no SLC-37B as actividades seguintes verão o veículo a ser elevado a uma altura de cerca de 52 metros, sendo posteriormente acoplada com o foguetão lançador. De seguida, proceder-se-á a uma verificação do conjunto ao se activar electricamente as interfaces entre os dois veículos (cápsula e lançador). A denominada Launch Readiness Review (LRR) terá então lugar para então se anunciar de forma oficial a data de lançamento.

2014-11-12-08_28_29-1-Twitter-350x310No entanto, ainda serão levadas a cabo uma série de revisões que irão variar no Test Flight Readiness Review (TFRR) levado a cabo pelo Flight Test Management Office (FTMO) da NASA. O TFRR foi utilizado para verificar a prontidão do apoio da NASA para esta missão, verificando o MCC (Mission Control Center), as equipas de recolha e a secção de apoio de comunicações envolvendo a rede TDRSS. Uma revisão por parte da Lockheed Martin foi também levada a cabo em princípios de Novembro.

Proximamente será realizado a Joint Integration Simulation #4, uma longa simulação que irá cobrir entre T-6h até à amaragem. As revisões EFT-1 Program Management Readiness Review da United Launch Alliance e a Lockheed Martin EFT-1 Readiness Review, terão lugar a 20 de Novembro, enquanto que a 25 de Novembro terá lugar o ensaio Mission Dress Rehearsal da ULA.

Artigo original “EFT-1 Orion rolls out to greet her Delta-IV rocket” por Chris Bergin. Traduzido e publicado com permissão.

Deixe um comentário