O satélite CHEOPS integrado

CHEOPS, o Satélite Caracterizador de Exoplanetas, fará observações de estrelas que hospedam exoplanetas, para medir pequenas mudanças no seu brilho devido ao trânsito de um planeta através do disco da estrela.

A informação permitirá fazer medições precisas dos tamanhos dos planetas em órbita, em particular na faixa de massa entre a Terra e Neptuno: combinada com medições das massas do planeta, isto fornecerá uma estimativa da sua densidade média – um primeiro passo para caracterizar os planetas fora do nosso sistema solar.

Nesta imagem, o instrumento de ciência – que inclui o telescópio, a sua abertura coberta por uma tampa de cor de cobre – está integrado no topo da plataforma da aeronave, antes da instalação dos painéis solares.

Recentemente enviado para a França, o satélite viajará mais tarde para a Suíça e depois para o centro técnico da ESA, na Holanda, para mais testes. Finalmente, retornará para a Espanha, antes do embarque para o Porto Espacial Europeu em Kourou, na Guiana Francesa.

CHEOPS, que se encontra implementado como uma parceria entre a ESA e a Suíça, está a caminho de estar pronto para o lançamento até o final do ano. É um período empolgante para a equipa de CHEOPS, que examina cada detalhe da missão com a aeronave a deslocar-se de país para país e de teste para teste.

Mais sobre a campanha de testes: Desde posições de estrelas a imagens – os centros de operações Cheops cooperam.

Notícia e imagem: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Deixe um comentário