O que irá lançar a China nos próximos dias?



Crescem os rumores sobre um possível novo lançamento orbital por parte da China nos próximos dias sem no entanto se saber o que será colocado em órbita ou se se trata mesmo de um lançamento orbital!

Uma série de avisos NOTAM (NOtice To Airman) foram emitidos para o dia 25 de Setembro isolando uma parte do espaço aéreo sobre território chinês e acompanhando uma trajectória que tem a sua origem no Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. Estes avisos especificam duas zonas de impacto que estão assim isoladas provavelmente para a queda do primeiro estágio e da carenagem de protecção de um lançador.

Ao se analisar os dados disponíveis nota-se no entanto uma curiosidade que é o facto de a segunda área de impacto não estar alinhada com a primeira área de impacto e este se encontrar muito próximo do local de lançamento. Este facto pode implicar que o veículo lançador a ser utilizado seja de combustível sólido. Este padrão é muito semelhante ao que foi utilizado em Março de 2013 para o lançamento da missão sub-orbital Kupeng-7 a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang.

Por outro lado, os fóruns de debate aeroespaciais chineses apontam para a possibilidade de a China lançar brevemente dois satélites da série SJ-6 Shijian-6 provavelmente utilizando um foguetão CZ-4C Cheng Zheng-4C. Há algumas semanas foi explicitamente anunciado que a equipa de lançamento do CZ-4C iria estar muito ocupada a preparar vários lançamentos orbitais desde Taiyuan e desde Jiuquan. Caso isto se venha a revelar ser verdade, não deixa de ser surpreendente pois o Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan poderia ser utilizado para colocar os satélites em órbita (sincronizada com o Sol como é o caso dos satélites SJ-6).

De qualquer das formas, estas duas hipóteses mantêm-se em aberto e poderão significar dois lançamentos distintos por parte da China nos próximos dias.

Deixe um comentário