O primeiro voo do SmallGEO alcança a sua órbita



A nova plataforma geoestacionária da ESA foi lançada com sucesso na sua primeira missão, nas primeiras horas desta manhã.

O satélite de telecomunicações Hispasat 36W-1, baseado na plataforma SmallGEO, descolou num foguetão Soyuz à 01h03 GMT do dia 28 de Janeiro, do Porto Espacial da Europa, em Kourou, na Guiana Francesa. 

SmallGEO é a resposta da Europa à demanda de mercado por plataformas de telecomunicações mais flexíveis e modulares. É a primeira vez que a empresa de fabricação de satélites alemã OHB System AG é a principal contratante para uma missão de satélites de telecomunicações. A sua carga útil, pelo operador espanhol Hispasat, é também a primeira parceria da ESA com uma operadora espanhola.

O satélite de três toneladas foi lançado pelo Soyuz para a sua órbita de transferência 29 minutos após a descolagem esta manhã. Utilizará agora os seus propulsores químicos para fazer o seu caminho para o seu destino final ao longo das próximas semanas. 

Dirige-se para 36°W, na órbita “geoestacionária”, a uma altitude de 36 000 km sobre o equador, onde levará um dia para circundar a Terra e, portanto, parece permanecer fixo sobre o mesmo ponto, neste caso a 36°W sobre o Oceano Atlântico. 

OHB irá testar a “saúde” e desempenho do satélite, certificando-se de que a sensível tecnologia de bordo resistiu à violência do incólume lançamento. 

Depois de tudo ser considerado em condições, irão entregar o controlo para a Hispasat e o satélite começará a fornecer os serviços de banda larga para a Europa, América do Sul e Ilhas Canárias.

O lançamento desta primeira plataforma SmallGEO marca outro grande sucesso para o programa da ESA de Investigação Avançada em Sistemas de Telecomunicações, conhecido como ARTES, que visa aumentar a competitividade da indústria dos seus Estados-Membros através da inovação,” afirmou Magali Vaissiere, Directora de Telecomunicações e Aplicações Integradas da ESA. 

A SmallGEO faz parte dos nossos esforços contínuos para reforçar a posição da indústria europeia e canadiana no mercado de telecomunicações comerciais, ampliando a actual gama de produtos disponíveis. 

O próximo satélite baseado no SmallGEO será o EDRS-C, como o segundo nó para o Sistema de Transmissão de Dados Europeu.” 

Carlos Espinós Gómez, CEO da Hispasat, afirmou: “Para a Hispasat, este novo satélite representa um importante passo em frente na sua estratégia de inovação

A Hispasat 36W-1 não é apenas a primeira missão da nova plataforma SmallGEO, mas também incorpora uma avançada carga regenerativa que proporcionará ao satélite uma maior flexibilidade e qualidade de sinal graças à sua antena reconfigurável e processador integrado, melhorando assim os serviços de telecomunicações que irá fornecer aos nossos clientes. 

Estamos muito satisfeitos com a nossa colaboração com a Agência Espacial Europeia, que nos permitiu participar de um projecto tecnológico de ponta, ao qual acrescentaram valor significativo com os seus conhecimentos e experiência no sector espacial.” 

Marco Fuchs, CEO da OHB System AG, disse: “O lançamento é um marco importante na história da OHB. O Hispasat 36W-1 prova que o conceito OHB de uma plataforma modular e flexível SmallGEO se encaixa no mercado. 

A SmallGEO está predestinada a construir uma pedra angular para as futuras actividades da Europa no segmento de satélites geoestacionários na classe de 3 toneladas. 

Para a OHB, o Hispasat 36W-1 é o primeiro projecto de um amplo âmbito de missões futuras baseadas na plataforma SmallGEO, incluindo uma revolução na tecnologia de satélites: a missão de propulsão eléctrica Electra completa.”

Notícia e imagem: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Deixe um comentário