O astronauta da ESA Tim Peake inicia uma estadia de seis meses na Estação Espacial



Soyuz TMA-19M 65

O astronauta da ESA,Tim Peake, e o astronauta da NASA, Tim Kopra, e o cosmonauta russo, o comandante Yuri Malenchenko chegaram hoje à Estação Espacial Internacional, 6 horas após o seu lançamento, às 11:03 GMT.

A nave Soyuz TMA-19M acoplou à Estação às 17:33 GMT.  Os astronautas abriram a escotilha às 19:58 GMT depois de terem verificado se a ligação entre a nave Soyuz de sete toneladas e a Estação de 400 toneladas estava bem feita. 

Foram recebidos a bordo pelos cosmonautas russos a bordo, Mikhail Korniyenko e Sergei Volkov, e o astronauta da NASA, Scott Kelly.

Isto marca o início da missão de seis meses de Tim, Principia, e o culminar de seis anos de treino desde que foi seleccionado para o corpo europeu de astronautas em 2009. 

Está previsto um vasto programa educacional, em cooperação com a Agência Espacial do Reino Unido, para inspirar e envolver as crianças e estudantes com a programação informática, regimes alimentares saudáveis e aulas directamente do espaço, com Tim como instrutor.

Tim Peake é p terceiro astronauta da ESA a ficar no complexo orbital de investigação este ano.  Samantha Cristoforetti a sua missão recordista, de 199 dias, em Junho, enquanto Andreas Mogensen completou uma visita muito preenchida de 10 dias, em Setembro.

Remote camera D4

 

Durante a missão Principia, Tim irá trabalhar em dezenas de experiências para investigadores na Terra, enquanto está em órbita a 28 800 km/h. Alguns dos pontos principais da sua investigação são os cristais e os vasos sanguíneos no espaço, a simulação de estruturas atómicas e o estudo de estruturas cerebrais à medida que estas se adaptam a situações de stress. 

Yuri, Tim e Tim têm alguns dias para se instalarem e se habituarem a trabalhar em ausência de gravidade, antes de começarem no seu horário de trabalho de 40 horas semanais, conduzindo as experiências e fazendo a manutenção da Estação.

Estão em boa companhia: Scott Kelly e Mikhail Korniyenko têm estado a viver na Estação desde maio, há mais de 300 dias, participando numa maratona que impa que implica analisar de que forma o corpo humano se adapta a missões mais longas.

Siga o Tim e a missão Principia via timpeake.esa.int

Notícia e imagem: ESA

Deixe um comentário