Nova missão logística para a ISS será lançada a 3 de Dezembro



CygnusOA-4 1

Uma nova missão logística para a estação espacial internacional será lançada no dia 3 de Dezembro de 2015, marcando o regresso do veículo de carga Cygnus da Orbital SC.

O foguetão Atlas-V/401 (AV-061), da United Launch Alliance, será lançado às 2255:41UTC do dia 3 de Dezembro transportando o veículo de carga Cygnus OA-4 (CRS4) ‘Deke Slayton 2’. Esta é a primeira missão da Orbital SC desde a perda do veículo de carga Cygnus Orb-3 (CRS3) ‘Deke Slayton’ no dia 28 de Outubro de 2014 devido a uma falha com o foguetão Antares-130.

O lançamento poderá ser seguido em directo via Internet na NASATV ou através do ULA.

O Cygnus OA-4 tem uma massa de cerca de 7.500 kg e a bordo transporta mantimentos e experiências para a tripulação permanente da ISS. A bordo seguem também 17 pequenos satélites: SIMPL, MinXSS-1, CADRE, STMSat-1, Nodes-1, Nodes-2 e 12 satélites Flock-2e. Todos estes satélites serão posteriormente colocados em órbita a partir da ISS.

O SIMPL (Satlet Initial-Mission Proofs and Lessons), também designado como HISat (Hyper Integrated Satellite) foi desenvolvido pela NovaWurks em colaboração com a NanoRacks MicroSat e tem como objectivo demonstrar a tecnologia ‘satlets‘ de pequenos componentes que podem constituir diferentes veículos.

O MinXSS (Miniature X-ray Solar Spectrometer) é um nanossatélite do Laboratório para a Física Atmosférica e Espacial da Universidade do Colorado, Boulder. Baseado na plataforma CubeSat-3U, tem uma massa de 4 kg e será utilizado para realizar observações do Sol.

Também baseado na plataforma CubeSat-3U, o CADRE (CubeSat investigating Atmospheric Density Response to Extreme driving) foi desenvolvido por estudantes da Universidade do Michigão que trabalham no Laboratório de Fabrico de Sistemas Espaciais. Esta é uma missão de demonstração para a série de satélites Armada que tem por objectivo caracterizar a dinâmica da atmosfera superior utilizando o instrumento WINCS (Winds Ions Neutrals Composition Suite). O CADRE tem uma massa de 4 kg.

O STMSat 1 (St. Thomas More Satellite 1) é um satélite educacional baseado na plataforma CubeSat-1U e foi desenvolvido por alunos do ensino básico da escola St. Thomas More Cathedral. O satélite transporta uma câmara para observação da Terra e um instrumento de rádio-amador. A bordo segue também um crucifixo abençoado pelo Para Francisco. O satélite tem uma massa de 1 kg.

Os satélites Nodes-1 e Nodes-2 (Network & Operation Demonstration Satellite) constituem uma missão para demonstrar as novas capacidades de rede fundamentais para futuras operações de grupos de satélites. A missão foi desenvolvida pela NASA e os dois satélites são baseados nas plataforma CubeSat-1.5U, tendo uma massa de 2 kg.

Os satélites Flock-2e (1) a Flock-2e (12) são baseados na plataforma CubeSat-3U e têm uma massa de 5 kg. Desenvolvidos pela Planet Labs, os satélites irão fazer parte de uma constelação de pequenos satélites em órbita destinados a obter imagens da superfície terrestre.

Imagem: NASA

Deixe um comentário