Notícias sobre a Shenzhou-9




A China prepara cuidadosamente o lançamento da sua próxima missão espacial tripulada, a SZ-9 Shenzhou-9. Depois de uma série de rumores sobre adiamentos e sobre a possibilidade de a missão ser lançada sem tripulação a bordo, a China tem deixado fugir alguma informação sobre esta missão.

O voo da Shenzhou-9 é mais um passo importante no desenvolvimento do programa espacial tripulado da China. Após a colocação em órbita do módulo TG-1 Tiangong-1 e da sua acoplagem automática com a cápsula SZ-8 Shenzhou-8 em 2011, a China prepara-se agora para executar a sua primeira acoplagem tripulada sendo esta a principal missão da Shenzhou-9 cujo lançamento deverá ter lugar em Junho de 2012.

É agora amplamente aceite que a missão levará uma tripulação de três elementos a bordo e novos dados indicam que poderemos assistir ao lançamento da primeira chinesa para o espaço já nesta missão, algo que só era esperado para a missão da SZ-10 Shenzhou-10 adiada para 2013. Sabe-se também que a tripulação principal estará já seleccionada, mas que a presença da primeira yuangyuan a bordo irá depender de mais exames e será tomada no último momento.

O foguetão CZ-2F/G Chang Zheng-2F/G (Y9) estará já pronto para o lançamento, mas não há a confirmação da sua chegada ao Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. Entretanto, sabe-se também que a missão da Shenzhou-9 terá uma duração de 13 dias, sendo 3 dias em voo independente e 10 dias acoplada ao módulo Tiangong-1. Foi revelado que durante esta permanência pelo menos um dos tripulantes estará sempre a bordo da Shenzhou-9. Não sabe qual a razão por detrás desta decisão, podendo esta estar relacionada com a incapacidade do sistema de manutenção de vida não ter a capacidade de manter três tripulantes ao mesmo tempo a bordo do módulo espacial ou então será apenas uma razão de segurança.

Esta é uma missão ansiosamente aguardada e certamente que as próximas semanas trarão mais novidades sobre os seus preparativos.

Deixe um comentário