NASA anuncia adiamento do lançamento da missão DM-1 da Crew Dragon

A agência espacial Norte-americana, NASA, confirmou que o voo de ensaio não tripulado da cápsula espacial Crew Dragon da SpaceX será realizado em Fevereiro, devido em parte ao actual estado da actividade do Governo Dos Estados Unidos.

O lançamento está agora previsto para ter lugar Fevereiro. Anteriormente, a NASA havia anunciado a data de 17 de Janeiro para a missão Demo-1 ou DM-1 que será lançada desde o Centro Espacial Kennedy.


A SpaceX já havia indicado a 5 de Janeiro que a missão seria adiada a partir de um twit de Elon Musk onde referiu que a SpaceX estava a “Cerca de um mês do primeiro voo de teste orbital da Crew Dragon“.

O adiamento permite assim à NASA tempo adicional para finalizar testes de hardware e outras revisões. Embora não tenha sido explicitamente declarado, a paralisação parcial do governo, que paralisou cerca de 95% da força de trabalho de funcionários públicos da NASA desde 22 de Dezembro, provavelmente também desempenhou um papel neste adiamento porque o pessoal necessário para revisões e outros apoios à missão não está a trabalhar.

Entretanto, a SpaceX transportou o foguetão Falcon-9 (B1051.1) com Crew Dragon (SpX-DM1) para o Complexo de Lançamento LC-39A no dia 3 de Janeiro.

O DM-1 é o primeiro de dois voos de teste planeados pela SpaceX. No DM-1, a cápsula sem tripulação a bordo, testará os seus sistemas em órbita e visitará a ISS antes de regressar à Terra. A missão DM-2 levará os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley numa missão à ISS. O DM-2 está previsto para Junho.

A Boeing, outra empresa que desenvolve veículos da tripulação comercial, tem um voo de teste do veículo CST-100 Starliner, programado para Março, sendo seguido por um voo com os astronautas da NASA Eric Boe e Nicole Aunapu Mann, e o piloto de testes da Boeing, Chris Ferguson, em Agosto de 2019.

Imagens: SpaceX

 

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: