Mini-satélites da ESA seguem eclipse solar



Image00001

Na Sexta-feira de manhã, 20 de Março, a Europa irá assistir a um eclipse parcial do Sol. Da Europa continental só será visível um eclipse parcial, mas o mini-satélite da Agência Espacial Europeia de observação do Sol, Proba-2, na sua órbita a 820 km de altitude, irá registar dois períodos de eclipse quase total, por algumas dezenas de segundos.

Entretanto, outros elementos da família de mini-satélites  Proba – cada um deles inferior a um metro cúbico – estará a olhar para baixo, tentando captar imagens da sombra da Lua, à medida que esta atravessa a Terra.

Os media e o público em geral estão convidados a assistir ao espectacular evento no centro técnico da ESA, na Holanda, a partir da Terra e do Espaço. A ESA está a organizar um evento de observação segura, com telescópios, e partilhando imagens do Sol, Lua e Terra, desde a órbita no seu centro de exposições em Noordwijk.

Como se poderá ver no centro de exposições (Space Expo), o eclipse parcial do sol irá começar às 08h30 UTC de sexta-feira, 20 de Março, quando o bordo da Lua começar a entrar no disco solar, com o máximo de cobertura do Sol, de quatro quintos, a ocorrer às 09h37 UTC. O eclipse termina às 10:47 UTC.

Europa em eclipse

Durante um eclipse solar, a Lua desloca-se em frente ao Sol, tal como vemos da Terra. Como o seu tamanho aparente é semelhante, a Lua bloqueia temporariamente uma parte significativa da luz do Sol.

A Europa toda irá viver um eclipse do Sol parcial. Na ilha norueguesa de Svalbard, 100% do Sol estará obscurecido, 97% no norte da Escócia, 84% por cima de Londres, 81% em Haia, 75% em Paris, 65% em Madrid, 67% em Lisboa, 56% em Roma.

A faixa da ‘totalidade’, na próxima sexta-feira – em que o Sol estará completamente tapado – irá acontecer ao longo de uma pequena banda do Atlântico Norte, incluindo as Ilhas Faroe e Svalbard, a mais recente casa de uma estação terrestre da ESA, a partir da qual as imagens do eclipse serão transmitidas. Durante a totalidade, o Sol parece ter uma fina auréola branca, que oferece aos observadores em terra uma rara oportunidade de observação da sua atmosfera ou coroa, normalmente oculta pelo brilho intenso do disco solar.

Por favor, tenha cuidado se tiver a sorte de observar este evento: observar o Sol sem protecção é muito perigoso e pode levar a cegueira permanente. Por favor, use equipamento certificado, tal como óculos de eclipse ou um telescópio solar, sob supervisão de um perito.

Para se registar para o evento na Space Expo, contacte:  Hans.van.der.Lande@space-expo.nl

Notícia e imagem: ESA

Tags:  ,

Deixe um comentário