Megha-Tropiques em órbita



A Índia levou a cabo o lançamento do satélite indo-francês Megha-Tropiques juntamente com outros tr~es satélites. O lançamento teve lugar às 0531UTC do dia 12 de Outubro de 2011 e foi executado por um foguetão PSLV-CA (PSLV-C18) desde o Centro Espacial de Satish Dawan, Ilha de Sriharikota.

O satélite Megha-Tropiques tem como objectivo o estudo do ciclo da água e das trocas de energias nos trópicos. O principal objectivo da missão é o de compreender o ciclo de vida dos sistemas convectivos que influenciam o clima  e o tempo tropical, e o seu papel na energia e húmidade da atmosfera nas regiões tropicais. O satélite tinha uma massa de 1.000 kg no lançamento.

Os outros três satélites a bordo eram o Jugnu, o SRMSat e o VesselSat-1. O satélite Jugnu tinha uma massa de 3 kg e foi desenhado e desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Índia, Kanpur. O satélite transporta uma câmara para a observação da Terra construída pelo instituto. Esta observação será feira no infravermelho próximo e irá testar algoritmos de imagens para avaliar a recepção de GPS para uma utilização futura na navegaçãopor satélite. O satélite irá também testar uma unidade de medição inercia.

O SRMSat tinha uma massa de 10,9 kg e foi desenvolvido por estudantes e faculdades da Universidade SRM. O satélite irá monitorizar os níveis de dióxido de carbono e de vapor de água na atmosfera.

O satélite VessealSat-1 tem uma massa de 28,7 kg e foi desenvolvido pela empresa LuxSpace, Luxemburgo. O satélite transporta um sistema AIS (Automatic Identification System) para embarcações, com receptores para detectar sinais transmitidos de forma automática por navios no mar.


Imagens: ISRO

Deixe um comentário