Marque No Calendário: Publicação dos dados de Gaia a 14 de setembro



Stellar 1

Gaia, o pesquisador de mil milhões de estrelas da ESA, lançado a 19 de Dezembro de 2013, e em operações científicas de rotina desde 25 de Julho de 2014, irá publicar os primeiros dados da missão a 14 de Setembro de 2016.

Gaia foi concebido para mapear mais de mil milhões de estrelas na nossa Galáxia, e para fornecer posições, paralaxes e movimentos próprios a um nível de precisão sem precedentes, muito abaixo de um ‘milliarcsecond’. Estas precisões só podem ser alcançadas depois de um processamento de dados complexo que requere observações tomadas ao longo da missão nominal de 5-anos. Por esta razão, Os resultados finais de Gaia não estarão disponíveis até início de 2020, mas algumas divulgações de dados iniciais têm sido previstas, baseadas em intervalos de observações mais longos.

A primeira publicação de dados de Gaia, os quais estarão disponíveis virtualmente a 14 de Setembro, incluirão as posições e magnitude G para cerca de mil milhões de estrelas usando as observações tomadas entre 25 de Julho de 2014 e 16 de Setembro de 2016.

Além disso, para um subconjunto de dados – cerca de 2 milhões de estrelas em comum entre o Catálogo Tycho-2 e Gaia – haverá uma solução astrométrica de cinco parâmetros, dando as posições, paralaxes e movimentos próprios para estes objetos. Isto é designado de ‘Tycho-Gaia Astrometric Solution’ (TGAS) (Solução Astrométrica Tycho-Gaia).

Dados fotométricos das estrelas variáveis de RR Lyrae e Cepheid, que foram frequentemente observadas durante um modo de digitalização especial que cobriu repetidamente os polos elípticos, também serão tornados públicos.

O anúncio da data para a publicação dos primeiros dados de Gaia foi feito hoje por Anthony Brown, Presidente do Consórcio Executivo de Processamento e Análise de Dados de Gaia (DPAC), durante o ‘GREAT Network Science Symposium’ na Semana Europeia de Astronomia e Ciência Espacial em Atenas, Grécia. O DPAC é uma equipa pan-Europeia de cientistas especializados e programadores informáticos, incluindo uma contribuição da ESA, à qual foi atribuída a tarefa de preparar e produzir os catálogos de Gaia.

Notícia e imagem: ESA

Tags:  ,

Deixe um comentário