Lançamentos orbitais em Novembro de 2014



Meridian-17L

O mês de Outubro de 2014 termina com um total de 11 lançamentos orbitais, dos quais 10 foram bem sucedidos, tendo-se colocado em órbita 12 satélites.

Até 31 de Outubro de 2014, foram realizados 473 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 8,3 lançamentos e a 9,4% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais, 298 (5,9% com uma média de 5,2 lançamentos), e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais, 501 (9,9% com uma média de 8,8 lançamentos).

Até 31 de Outubro de 2014, o número de lançamentos orbitais bem sucedidos levados a cabo este ano (69) corresponde a 1,36% do total.

O mês de Novembro é historicamente um mês no qual se realizam poucos lançamentos orbitais se comparado com o pico que é atingido no mês de Dezembro. Para Novembro de 2014 estão previstos 5 lançamentos orbitais que terão origem desde a Rússia e Japão, podendo no entanto este número alargar-se até 7 lançamentos que poderão ter lugar desde a China.

O primeiro lançamento orbital em Novembro deverá ter lugar pelas 0130UTC do dia 6 com o foguetão Dnepr (1109) a transportar uma carga de cinco satélites a partir do Complexo de Lançamento LC370/19 da base de Dombarovskiy, Yasniy. A bordo estarão os satélites ASNARO-1, Chubusat-1 (Kinshachi-1), Hodoyoshi-1 e QSAT-EOS.

Teremos de aguardar até 23 de Novembro para assistir a um novo lançamento orbital com o lançamento da missão espacial tripulada Soyuz TMA-15M que irá transportar três novos elementos para a estação espacial internacional. A tripulação é composta pelo Russo Anton Nikolayevich Shkaplerov (Comandante), pela Italiana Samantha Cristoforetti (Engenheira de Voo n.º 1) e pelo Norte-americano Terry Wayne Virts (Engenheiro de Voo n.º 2). Shkaplerov, Cristoforetti e Virts farão parte da Expedição 42/43. O lançamento terá lugar às 2101:13UTC e será levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (051) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

Também de Baikonur será lançado o satélite de comunicações Astra-2G no dia 27 de Novembro. O lançamento terá lugar às 2124:33UTC e será levado a cabo pelo foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93549/99552) a partir da Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200.

O Japão irá lançar a sonda Hayabusa-2 às 0424:48UTC do dia 30 de Novembro. O lançamento será efectuado pelo foguetão H-2A/202 (F-26) a partir da Plataforma de Lançamento LP1 do Complexo de Lançamento Yoshinobu do Centro Espacial de Tanegashima. A bordo estarão também os satélites PROCYON, ARTSAT2-DESPATCH e Shin’en-2.

O último lançamento orbital da Rússia em Novembro terá lugar no dia 30 com o lançamento do satélite de navegação GLONASS-K1 n.º 12L. O lançamento será levado a cabo por um foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B/Fregat-M a partir do Complexo de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, Arkhangelsk.

O mês do Novembro poderá, ainda, assistir a dois outros lançamentos orbitais provenientes da China. Um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C poderá colocar em órbita o satélite YG-23 Yaogan Weixing-23 a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan e um foguetão CZ-4B Chang Zheng-4B poderá colocar em órbita o satélite de detecção remota e recursos terrestres ZY-3 Ziyuan-3 (2) a partir da Plataforma de Lançamento 901 do Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

Deixe um comentário