Lançamentos orbitais em Julho de 2014



Delta-2 OCO-2 01

O mês de Junho de 2014 terminou com um total de 3 lançamentos orbitais, tendo-se colocado em órbita 45 satélites.

Até 30 de Junho de 2014, foram realizados 461 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 8,1 lançamentos e a 9,2% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais, 298 (5,9% com uma média de 5,2 lançamentos), e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais, 501 (10,0% com uma média de 8,8 lançamentos).

Para Julho de 2014 estão previstos 10 lançamentos orbitais que terão origem desde os EUA, Rússia e América do Sul.

O primeiro lançamento em Julho terá lugar às 0956:00UTC do dia 1 com o regresso de um veterano. Um foguetão Delta-II 7320-10C será lançado desde a Base Aérea de Vandenberg, Califórnia, para colocar em órbita o satélite OCO-2. O Orbiting Carbon Observatory-2 terá como missão proporcionar observações do carbono atmosférico, o principal elemento antropogénico nas alterações climáticas. O OCO-2 é um satélite de substituição do OCO que foi perdido a 24 de Fevereiro de 2009. O satélite transporta um único instrumento composto por três espectrómetros de alta-resolução.

No dia 3 de Julho serão lançados três novos satélites Gonets-M desde o Cosmódromo GIK-1 Plesetsk. O lançamento será levado a cabo pelo foguetão 14A05 Rokot/Briz-KM (4929794555/72522) a partir do Complexo de Lançamento LC133/3. Estes satélites são os derivados civis do sistema militar Strela-3 e são utilizados para a transmissão de comunicações entre as organizações médicas internacionais.

O Cosmódromo de Baikonur verá o lançamento de um novo satélite Meteor-M a 8 de Julho pelas 1458:52UTC. O satélite Meteor-M n.º 2 será lançado pelo foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B/Fregat (L15000-011/1025) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31. O Meteor-M será acompanhado por seis outros satélites, nomeadamente o MKA-PN2 (Relek), Ukube-1, SkySat-2, TechDemoSat-1 (TDS-1), AISsat-2 e pelo DX-1.

Um novo foguetão Soyuz será lançado a 10 de Julho mas desta vez a partir do CSG Kourou (Sinnamary). O lançamento do foguetão Soyuz-STB/Fregat-MT (005/1032/VS08) está previsto para as 1855:20UTC e irá transportar quatro novos satélites de comunicações móveis O3b (O3b FM03, O3b FM06, O3b FM07 e O3b FM08).

Um novo veículo logístico será lançado para a estação espacial internacional a 10 de Julho pelas 1802:21UTC. O foguetão Antares-120 será lançado desde o Complexo de Lançamento LP-0A do MARS Wallops Island transportando o veiculo Cygnus Orb-2 (CRS2) da Orbital Sciences Corp.

A SpaceX irá tentar lançar seis satélites para a Orbcomm no dia 14 de Julho. Este lançamento foi adiado de finais de Junho devido a problemas técnicos com o foguetão Falcon-9 v1.1 (F-5). O lançamento terá lugar a partir do Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral AFS.

No dia 17 de Julho o foguetão 14A14-1A Soyuz-2.1A (020) será lançado às 2140:00UTC transportando o satélite Foton-M n.º 4. O lançamento terá lugar desde a Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31. Este é o primeiro satélite de uma nova geração de veículos destinados à investigação em micro-gravidade.

Um novo lançamento terá lugar desde Baikonur às 2142:44UTC do dia 23 de Julho com o foguetão 11A511U Soyuz-U (Е15000-140) a colocar em órbita o veículo de carga Progress M-24M. O lançamento terá lugar desde a Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 ‘Gagarinskiy Start’ (17P32-5).

Ainda no dia 23 de Julho terá lugar o lançamento dos primeiros satélites do Geosynchronous Space Situational Awareness Programm. Os satélites serão lançados por um foguetão Delta-IV-M+(4,2) a partir do Complexo de Lançamento SLC-37B do Cabo Canaveral AFS às 2200:00UTC. Os satélites estarão equipados com sensores electroópticos para fornecerem informação sobre os satélites em órbita. A bordo estarão também os primeiros satélites ANGELS (Autonomous Nanosatellite Guardian for Evaluating Local Space) que irão realizar manobras e tarefas de monitorização em torno de satélites de maiores dimensões.

O terceiro e último veículo de carga a ser lançado em Julho para a ISS partirá para a órbita terrestre às 0144:34UTC do dia 25 de Julho. Este será o último veículo de carga europeu a ser lançado para a estação espacial internacional. O ATV-5 ‘Georges Lemaître’ será colocado em órbita pelo foguetão Ariane-5ES (VA219) a partir do Complexo de Lançamento ELA3 do CSG Kourou, Guiana Francesa.

Imagem: NASA

Deixe um comentário