Lançamentos orbitais em Julho de 2013



pslv-c22-13

O mês de Junho de 2013 terminou com 8 lançamentos orbitais bem sucedidos, mais 3 lançamentos do que registados no mês anterior. No total já se realizaram 458 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês desde 1957, o que corresponde a uma média de 8,3 lançamentos e a 9,3% do total de lançamentos orbitais (4943). Até final de Junho de 2013 registaram-se 33 lançamentos orbitais bem sucedidos no presente ano, o que corresponde a 0,67% do total de lançamentos orbitais.

Para Julho de 2013 estão previstos 7 lançamentos orbitais. O primeiro lançamento deste mês deverá ocorrer às 1811UTC do dia 1 de Julho com o foguetão PSLV-C22 a colocar em órbita o primeiro satélite indiano de navegação, o IRNSS-1A. O lançamento terá lugar desde o Centro Espacial Satish Dawan, Ilha de Sriharikota, e o satélite será colocado numa órbita sincronizada com o Sol.

O segundo lançamento orbital do mês terá lugar poucas horas depois de o IRNSS-1A atingir a órbita terrestre. O foguetão 8K82KM Proton-M/DM-03 (5115106754 53543/2L) será lançado desde o Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão, para colocar em órbita três satélites de navegação Uragan-M para a rede de navegação russa GLONASS-M. O lançamento terá lugar às 0238:22UTC do dia 2 de Julho e será levado a cabo desde a Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81. Os satélites deverão receber as designações Cosmos 2488, Cosmos 2489 e Cosmos 2490.

O terceiro lançamento do mês só deverá ocorrer a 19 de Julho com o foguetão Atlas-V/551 (AV-040) a colocar em órbita o segundo satélite MUOS. Os satélites Mobile Usar Objective System, são um conjunto de satélites em órbita geossíncrona que foram desenvolvidos para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos para proporcionar serviços de comunicações de banda larga àquele país e seus aliados. O lançamento terá lugar pelas 1251UTC a partir do Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS.

O mês de Julho verá dois lançamentos com o foguetão Proton-M, com o segundo a ter lugar às 2143:57UTC do dia 20 de Julho. O foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93539/99540) deverá colocar em órbita o satélite de comunicações Astra-2E a partir da Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200 do Cosmódromo de Baikonur. Esta será uma missão de pouco mais de 9 horas e o Astra-2E será colocado numa órbita de transferência para a órbita geossíncrona.

Uma nova missão da Arianespace terá lugar a 25 de Julho com um foguetão Ariane-5ECA a ser lançado na missão VA214 transportando os satélites de comunicações Alphasat I-XL (Inmarsat-XL) e Insat-3D. O Alphasat I-XL é o maior satélite de comunicações europeu alguma vez colocado em órbita. O lançamento terá lugar desde o Complexo ELA3 do CSG Kourou, GUiana Francesa.

O próximo veículo de carga russo para a ISS, o Progress M-20M, será lançado às 2045:06UTC do dia 27 de Julho pelo foguetão 11A511U Soyuz-U (130) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo de Baikonur. O Progress M-20M irá transportar a usual carga de mantimentos, ar, oxigénio, água, experiências, etc. para a ISS.

O mês de Julho irá ainda assistir a um lançamento orbital da China que deverá ter lugar na primeira quinzena. Lançado desde o Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, um foguetão CZ-2C Chang Zheng-2C deverá colocar em órbita o satélite SJ-11 Shijian 11-05 a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43. Não se sabendo a natureza exacta destes satélites, crê-se que a série SJ-11 será utilizado para aviso antecipado do lançamento de mísseis balísticos intercontinentais estando equipados com sensores capazes de detectar as assinaturas dos vectores nas fases iniciais do lançamento.

Imagem: ISRO

Deixe um comentário