Lançamentos orbitais em Janeiro de 2012




O ano de 2011 terminou com 80 lançamentos orbitais que resultaram na entrada em órbita terrestre das suas cargas (o que não implica que as respectivas missões tenham sido bem sucedidas). Para 2012 estão previstos 124 lançamentos orbitais, se bem que muitos dos lançamentos agora previstos serão adiados para 2013.

Para o mês de Janeiro estão previstos 7 lançamentos orbitais assim distribuídos:

Baikonur – 3

Xichang – 2

Taiyuan – 1

Cabo Canaveral – 1

O primeiro lançamento orbital deverá ter lugar a 10 de Janeiro com o foguetão CZ-4B Chang Zheng-4B (Y26) a ser lançado desde o Complexo de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan. Esta missão deverá colocar em órbita os satélites ZY-3 ZiYuan-3 (um satélite civil de detecção remota de alta resolução) e o pequeno satélite VesselSat-2 (um satélite luxembusguês que irá aumentar as capacidades do sistema AIS). A China irá assim abrir os lançamentos orbitais em 2012, mas não se ficará por aqui em Janeiro pois estão previstos mais dois lançamentos chineses. O foguetão CZ-3A Chang Zheng-3A (Y22) deverá colocar em órbita geostacionária o satélite meteorológico FY-2F FengYun-2F e um foguetão CZ-3C Chang Zheng-3C deverá lançar um novo satélite de navegação, o Compass-G5, para a órbita geostacionária. Ambos os lançamentos terão lugar desde o Centro de Lançamento de Satélites de Xichang.

Adiado desde finais de Dezembro, o lançamento do satélite de comunicações SES-2 deverá ser o primeiro lançamento orbital russo em 2012. O lançamento está actualmente previsto para o dia 21 de Janeiro e será levado a cabo pelo foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93524/99526) desde a Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200 do Cosmódromo de Baikonur, o mesmo que será utilizado para lançar o satélite de comunicações Sirius FM-6 no dia 29 de Janeiro. Este lançamento será efectuado pelo foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93526/99528). Baikonur verá ainda, a 25 de Janeiro, o lançamento doprimeiro de vários veículos de carga que serão lançados este ano para a estação espacial internacional. O lançamento do Progress M-14M será feito pelo foguetão 11A511U Soyuz-U (127) desde o Complexo ‘Gagarinskit Start’.

Finalmente, um foguetão Delta-IV-M+(5,4) será lançado desde o Complexo de Lançamentos SLC-37B do Cabo Canaveral AFS para colocar em órbita o satélite de comunicações militares WGS-4.

Imagem: USAF

Deixe um comentário