Lançamentos orbitais em Fevereiro de 2017



O mês de Janeiro de 2017 terminou com um total de 7 lançamentos orbitais, sendo um deles mal sucedido. Foram colocados em órbita 17 satélites.

Até 31 de Janeiro de 2017, foram realizados 312 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 5,2 lançamentos e a 5,9% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais) e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais (com 541 lançamentos que corresponde a uma média de 9,0 lançamentos e a 10,3% dos lançamentos realizados.

O número de lançamentos orbitais bem sucedidos levados a cabo em 2016 (6) corresponde a 0,11% do total de lançamentos orbitais realizados desde 4 de Outubro de 1957.

Para Fevereiro de 2017 estão previstos 4 lançamentos orbitais.

O primeiro lançamento orbital de Fevereiro de 2017 está previsto para ter lugar às 16:34:00UTC do dia 14. O foguetão Falcon-9 (032) será lançado desde o Complexo de Lançamento LC-39A do Centro Espacial Kennedy transportando a missão logística CRS-10 para a estação espacial. A cápsula Dragon SpX-10 irá transportar a usual carga de mantimentos e experiências para a tripulação permanente da ISS. Esta é a primeira missão comercial da SpaceX desde a venerável plataforma de lançamento que foi utilizada para o Programa Apollo e para várias missões do vaivém espacial.

Também no dia 14 de Fevereiro a empresa Europeia, Arianespace, irá realizar a primeira missão do ano utilizando um foguetão Ariane-5ECA. O lançamento da missão VA235 está previsto para as 21:39:07 e a bordo estarão os satélites de comunicações Intelsat-32e (SkyBrasil-1) [EpicNG] e Telkom-3S. O lançamento será lavado a cabo a partir da Plataforma de Lançamento ELA3 do CSG Kourou, Guiana Francesa.

O satélite Intelsat 32e (SkyBrasil-1) foi construído pela EADS Astrium (actual Airbus Defence and Space) e é baseado na plataforma Eurostar-3000X. A bordo transporta 81 repetidores de banda-Ka e banda-Ku. No lançamento a sua massa é de 6.000 kg e o seu tempo de vida é de 15 anos. Por seu lado, o satélite Telkom-3S foi construído pela Thales Alenia Space e é baseado na plataforma Spacebus-4000B2. O satélite está equipado com 24 repetidores de banda-C standard, 8 repetidores de banda-C alongada e 10 repetidores de banda-Ku. O Telkom-3S irá substituir o satélite Telkom-3. No lançamento a sua massa é de 3.500 kg e o seu tempo de vida útil é de 15 anos.

No dia 15 de Fevereiro, pelas 03:00:00UTC, a Índia irá levar a cabo o lançamento do satélite CartoSat-2D a partir da Plataforma de Lançamento FLP do Centro Espacial Satish Dawan SHAR, na Ilha de Sriharikota. O Cartosat-2D será colocado em órbita pelo foguetão PSLV-C37 (PSLV-XL) que irá transportar mais 102 pequenos satélites. O CartoSat-2D foi desenvolvido pela ISRO e é baseado na plataforma IRS-2, estando equipado com uma única câmara pancromática para a obtenção de imagens da superfície terrestre.

Não se sabe por esta altura a lista completa dos restantes satélites a bordo que inclui o INS-1A, INS-1B, BGUSat, DIDO-2, PEASSS e o Al-Farabi 1.

A 28 de Fevereiro o foguetão Falcon-9 (031) deverá colocar em órbita o satélite de comunicações EchoStar-23. Desenvolvido pela Space Systems/Loral, o EchoStar-23 é baseado na plataforma SSL-1300 e está equipado com uma carga de comunicações em banda-Ku. O seu tempo de vida útil é superior a 15 anos. O lançamento deverá ter lugar às 05:30:00UTC a partir do Complexo de Lançamento LC-39A do Centro Espacial Kennedy.

O mês de Fevereiro poderá ainda assistir a um outro lançamento orbita com a colocação em órbita de um satélite de navegação Russo. O lançamento do Glonass n.º 56 será levado a cabo por um foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B/Fregat-M a partir da Plataforma de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, Arkhangelsk.

Um comentário para Lançamentos orbitais em Fevereiro de 2017

  • josé gerson rufino da silva  disse:

    A rotina do espaço orbital Terrestre

Deixe um comentário