Lançamentos orbitais em Dezembro de 2014



Angara-A5 07

O mês de Novembro de 2014 termina com um total de 7 lançamentos orbitais, todos bem sucedidos, tendo-se colocado em órbita 10 satélites.

Até 30 de Novembro de 2014, foram realizados 391 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 6,9 lançamentos e a 7,7% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais, 298 (5,9% com uma média de 5,2 lançamentos), e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais, 501 (9,9% com uma média de 8,8 lançamentos).

Até 30 de Novembro de 2014, o número de lançamentos orbitais bem sucedidos levados a cabo este ano (76) corresponde a 1,50% do total.

O mês de Dezembro é historicamente um mês no qual se realizam mais lançamentos orbitais no ano. Para Dezembro de 2014 estão previstos 14 lançamentos orbitais que terão origem desde o Japão, EUA, Guiana Francesa e China,  podendo no entanto este número alargar-se até 16 lançamentos, com mais dois lançamentos que poderão ter lugar desde a China.

Adiado de Novembro devido às más condições meteorológicas, o Japão irá lançar a sonda Hayabusa-2 às 0422:04UTC do dia 3 de Dezembro. O lançamento será efectuado pelo foguetão H-2A/202 (F-26) a partir da Plataforma de Lançamento LP1 do Complexo de Lançamento Yoshinobu do Centro Espacial de Tanegashima. A bordo estarão também os satélites PROCYON, ARTSAT2-DESPATCH e Shin’en-2. A Hayabusa-2 tem como missão obter amostras da superfície de um asteróide.

A agência espacial norte-americana NASA irá abrir um novo capítulo na sua exploração espacial com o lançamento da missão EFT-1 (Exploration Flight Test-1) da cápsula espacial Orion. Esta missão não tripulada tem como objectivo testar os sistemas da cápsula e a sua reentrada atmosférica. O lançamento está previsto para as 1205:00UTC do dia 4 de Dezembro a partir do Complexo de Lançamento SLC-37B do Cabo Canaveral AFS e será levado a cabo pelo foguetão Delta-IV Heavy (D369).

No dia 4 de Dezembro será também lançado o último Ariane-5ECA de 2015. A missão VA221 terá como objectivo a colocação em órbita dos satélites de comunicações DirecTV-14 e GSAT-16. O lançamento está previsto para as 2038:00UTC e será levado a cabo desde o Complexo de Lançamento ELA3 do CSG Kourou, Guiana Francesa.

Em Dezembro de 2013 o satélite CBERS-3 foi perdido devido a uma falha no terceiro estágio do seu foguetão lançador. Nas semanas após o lançamento, Brasil e China acordaram em antecipar o lançamento do CBERS-3 que terá lugar às 0326:00UTC do dia 7 de Dezembro. O lançamento será levado a cabo por um foguetão CZ-4B Change Zheng-4B a partir da Plataforma de Lançamento LC9 do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan.

Um satélite militar de inteligência electrónica (ELINT), Lotos-S, será colocado em órbita a 10 de Dezembro pelo foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B (78031199) lançado a partir do Complexo de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk.

No dia 11 de Dezembro é a vez dos Estados Unidos lançarem uma nova missão militar classificada. A missão NROL-35 será lançada por um foguetão Atlas-V/541 a partir do Complexo de Lançamento SLC-3E da Base Aérea de Vandenberg. Desconhece-se o tipo de satélite a bordo desta missão.

Um foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M irá colocar em órbita o satélite de comunicações Russo Yamal-401, no dia 16 de Dezembro. O lançamento será levado a cabo a partir da Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81 do Cosmódromo de Baikonur.

A última missão logostica para a estação espacial internacional a ser lançada em 2015 terá lugar a 16 de Dezembro. Um foguetão Falcon-9 v1.1 será lançado às 1931:00UTC e colocará em órbita o veículo de carga Dragon SpX-5 (CRS5). Nesta missão serão também lançados os satélites AggieSat 4 (LONESTAR-2A), Bevo 2 (LONESTAR-2B), SERPENS, Flock-1d’1, Flock-1d’2, e dois outros CubeSat. Os pequenos satélites serão colocados em órbita a partir da ISS. O primeiro estágio do Falcon-9 v1.1 estará equipado com estabilizadores para uma tentativa de recuperação com uma descida numa barca no Oceano Atlântico. O lançamento terá lugar a partir do Complexo de Lançameto SLC-40 do Cabo Canaveral AFS.

No dia 18 de Dezembro terá lugar o lançamento do satélite Kondor-E a partir do Complexo de Lançamento LC175/59 do Cosmódromo de Baikonur. O lançamento será levado a cabo por um foguetão 15A35 Strela. O Kondor-E é um pequeno satélite de observação por radar construído pela NPO Masinostroyeniya para a África do Sul.

O último lançamento comercial da Arianespace terá lugar às 1837:00UTC do dia 18 de Dezembro com o foguetão Soyuz-STB/Fregat-MT (007/133-01) a ser lançado na missão VS10 a partir do Complexo de Lançamento ELS do CSG Kourou para colocar em órbita quatro satélites O3b para o fornecimento de serviços de Internet.

No dia de Natal terá lugar o voo inaugural do foguetão Angara-A5. O lançamento terá lugar às 0558:00UTC e colocará em órbita um modelo de um satélite de comunicações. O foguetão Angara A5-1LM/Briz-M (71751/88801) será lançado a partir do Complexo de Lançamento LC35/1 do Cosmódromo GIK-1 Baikonur.

No dia 26 de Dezembro está previsto o lançamento do satélite de observação da Terra Resurs-P2. O lançamento está previsto para as 1900:00UTC e será levado a cabo pelo foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B (L15000-009) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 do Cosmódromo de Baikonur. No satélite Rersurs-P2 está incluída a carga Koronas-Nuclon, que é um detector de partículas de alta energia.

O último lançamento do ano a partir do Cosmódromo de Baikonur está previsto para o dia 28 de Dezembro com o foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (6304287978 93549/99552) a colocar em órbita o satélite de comunicações Astra-2G. O lançamento estava inicialmente previsto para Novembro de 2014 mas foi adiado devido a um problema técnico com o estágio superior Briz-M (99552). O lançamento terá lugar a partir da Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200.

Tudo indica que o último lançamento de 2015 terá lugar no último dia do ano com ofoguetão CZ-3A Chang Zheng-3A (Y24) a colocar em órbita o satélite meteorológico FY-2G Fengyun-2G. O lançamento terá lugar a partir da Plataforma de Lançamento LC3 do Centro de Lançamento de Satélites de Xichang.

Em Dezembro poderão ainda ocorrer dois outros lançamentos orbitais a partir da China. O satélite YG-25 Yaogan Weixing-25 poderá ser colocado em órbita a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan utilizando um foguetão CZ-4C Chang Zheng-4C lançado a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43. Na verdade, o YG-25 poderá ser uma missão constituida por três satélite de vigilância electrónica marítima. O Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan poderá ainda assistir ao lançamento do satélite de detecção remota e de observação da Terra ZY-3 Ziyuan-3 (2) utilizando um foguetão CZ-4B Chang Zheng-4B. No entanto, rumores indican que este lançamento poderá colocar em órbita o satélite YG-26 Yaogan Weixing-26.

Deixe um comentário