Lançamentos orbitais em Abril de 2016



Lomonosov 4

O mês de Março de 2016 terminou com um total de 10 lançamentos orbitais, todos bem sucedidos, tendo-se colocado em órbita pelo menos 34 satélites.

Até 31 de Março de 2016, foram realizados 405 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 7,0 lançamentos e a 7,8% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais com 306 lançamento que corresponde a uma média de 5,3 lançamentos e a 5,9% dos lançamentos realizados) e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais (530 lançamentos que corresponde a uma média de 9,1 lançamentos e a 10,2% do total de lançamentos realizados).

03-2016 1

03-2016 2

O número de lançamentos orbitais bem sucedidos levados a cabo este ano (22) corresponde a 0,42% do total de lançamentos orbitais realizados desde 4 de Outubro de 1957.

Para Abril de 2016 estão previstos 5 lançamentos orbitais, número que poderá subir até aos 7 lançamentos.

Esta actividade no mês de Abril deverá ser inaugurada pela China a 6 de Abril com o lançamento do satélite cientifico recuperável SJ-10 Shijian-10. O Lançamento será levado a cabo por um foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. O satélite Shijian-10 transportará a bordo várias experiências em variadas áreas cientificas, sendo uma missão que conta com a colaboração da Agência Espacial Europeia, ESA. O satélite será recuperado no final da sua missão.

A 8 de Abril, a empresa norte-americana SpaceX deverá lançar uma nova missão logística para a estação espacial internacional. O lançamento do veículo Dragon SpX-8 na missão comercial CRS8, deverá ter lugar pelas 20:43UTC e será levado a cabo por um foguetão Falcon-9 a partir do Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral AFS. A bordo da cápsula Dragon será transportado o módulo expansível BEAM (Bigelow Expandable Activity Module).

O satélite Sentinel-1B da ESA, será lançado às 21:02:33UTC do dia 22 de Abril a partir do Complexo de Lançamento ELS do CSG Kourou (Sinnamary), Guiana Francesa. O satélite é parte do Programa GMES – Global Monitoring for Environment and Security, e está equipado com um sistema de radar SAR de banda-C para a observação da superfície terrestre. Juntamente com o Sentinel-1B serão lançados os satélites MICROSCOPE (para testar o Princípio de Equivalência até uma precisão de 10-15 com a sua bem conhecida manifestação, a universalidade da queda livre), NORSAT-1 (para investigar a radiação solar, tempo espacial e detectar o tráfego de embarcações), AAUSAT-4 (para testar um sistema AIS desenvolvido por estudantes); [email protected] 2 (é um projecto educacional e de investigação), e o OUFTI-1 (para testar o protocolo de comunicações D-STAR no espaço).

A 28 de Abril deverá ser inaugurado um novo cosmódromo russo. O Cosmódromo de Voltochniy deverá assistir ao lançamento do foguetão 372RN16 Soyuz-2-1A/Volga (P15000-001/???) a partir do Complexo de Lançamento 1S, transportando os satélites Lomonosov, Aist-2D e Kontact-Nanosputnik. O satélite Lomonosov deverá estudar as emissões de raios gama utilizando câmaras ópticas e detectores de raios gama. Os satélites Aist-2D e Kontact-Nanosputnik são satélites para testar novas tecnologias em órbita.

Um novo satélite de navegação indiano será colocado em órbita a 28 de Abril. O satélite IRNSS-1G será lançado pelo foguetão PSLV-C33 (PSLV-XL) a partir do Centro Espacial Satish Dawan SHAR, localizado na Ilha de Sriharikota.

O mês de Abril poderá ainda assistir a outros dois lançamentos. Um foguetão 14A15 Soyuz-2.1V/Volga poderá ser lançado desde o Cosmódromo GIK-1 Plesetsk para colocar em órbita uma carga militar não identificada, enquanto que um outro foguetão Falcon-9 poderá ser lançado desde o Cabo Canaveral AFS para colocar em órbita o satélite de comunicações JCSat-14.

Deixe um comentário