Lançamentos orbitais em Abril de 2014



PSLV-C24 01

O mês de Março de 2014 terminou com cinco lançamentos orbitais bem sucedidos (entre eles um tripulado), tendo-se colocando em órbita 7 satélites. Até 31 de Março de 2014, foram realizados 384 lançamentos orbitais bem sucedidos neste mês, o que corresponde a uma média de 6,7 lançamentos e a 7,7% do total de lançamentos bem sucedidos realizados desde 4 de Outubro de 1957 (o mês de Janeiro é o mês com menos lançamentos orbitais, 298 (6,0%), e o mês de Dezembro é o mês com mais lançamentos orbitais, 501 (10,0%)).

Para Abril de 2014 estão previstos 10 lançamentos orbitais.

Os dias 3 e 4 de Abril vão-nos trazer três lançamentos em menos de 24 horas. No dia 3 de Abril pelas 1446UTC, será lançado desde a Base Aérea de Vandenberg, Califórnia, o foguetão Atlas-V/401 (AV-044) que deverá colocar em órbita o satélite meteorológico militar DMSP-5D3 F-19. O lançamento desta missão da United Launch Alliance (ULA) será levado a cabo a partir do Complexo de Lançamento SLC-3E.

Ainda a 3 de Abril, e um pouco mais a sul, o foguetão 372RN21A Soyuz-STA/Fregat-M (Б15000-004/1038) será lançado às 2102:26UTC na missão VS07 da Arianespace para colocar em órbita o satélite Sentinel-1A. O lançamento será levado a cabo desde o Complexo de Lançamento ZLS de Sinnamary no CSG Kourou, Guiana Francesa.

Finalmente, o terceiro lançamento neste período terá lugar às 1144UTC do dia 4 de Abril com o foguetão PSLV-C24 a colocar em órbita o segundo satélite de navegação indiano, o IRNSS-1N. O lançamento será levado a cabo pela Organização de Investigação Espacial da Índia (ISRO) a partir da Plataforma de Lançamento FLP do Satish Dawan SHAR, na Ilha de Sriharikota.

A estação espacial internacional irá receber uma nova visita a 9 de Abril quando o veículo de carga Progress M-23M for lançado desde o Cosmódromo de Baikonur. O lançamento está previsto para as 1526:28UTC e será levado a cabo pelo foguetão 11A511U Soyuz-U (141) a partir da Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1. A acoplagem com a ISS dar-se-á nesse mesmo dia.

Um novo foguetão Atlas-V, mas desta vez na variante 541, será lançado na missão AV-045 da ULA para colocar em órbita a missão militar secreta NROL-67. Este lançamento foi adiado de 27 de Março devido a um incêndio registado num radar que é utilizado para seguir todos os lançamentos que são realizados a partir da Costa Este dos Estados Unidos. O lançamento terá lugar desde o Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS.

O Cosmódromo de Baikonur irá assistir a um novo lançamento de um foguetão Soyuz-U às 1620UTC do dia 16 de Abril. O foguetão 11A511U Soyuz-U (143) será lançado a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 e irá colocar em órbita o satélite EgiptSat-2. Este é um satélite de detecção remota para a Autoridade Nacional Egípcia para a Detecção Remota e Ciências Espaciais.

A terceira missão de um foguetão Vega terá lugar a 26 de Abril com o lançamento da missão VV03. Esta missão da Arianespace terá como objectivo colocar em órbita o satélite de observação terrestre e de detecção remota KazEOSat-2 (DZZ-HR/HRES) para o Cazaquistão. O lançamento está previsto para as 0135:14UTC e será levado a cabo desde o Complexo de Lançamento ZLV do CSG Kourou.

O foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93546/99548) será lançado às 0425:00UTC do dia 28 de Abril a partir da Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81 do Cosmódromo de Baikonur. Esta missão doméstica tem como objectivo a colocação em órbita de dois satélites de comunicações: o Luch-5V (Rússia) e o KazSat-3 (Cazaquistão).

O dia 30 de Abril verá o lançamento de oito satélites Orbcomm-G2 a bordo de um foguetão Falcon-9 v1.1. O lançamento será levado a cabo a partir do Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral AFS. Esta missão poderá sofrer um adiamento pois para Abril a SpaceX tem também previsto o lançamento da cápsula Dragon SpX-3 na missão logística CRS3 para a estação espacial internacional. Esta missão foi também adiada do dia 31 de Março devido a um incêndio registado num radar que é utilizado para seguir todos os lançamentos que são realizados a partir da Costa Este dos Estados Unidos. A SpaceX ainda não anunciou uma data definitiva para este lançamento. A bordo estarão também os pequenos Cubesats All-Star (THEIA), Ho’oponopono-2, SporeSat, TSAT (TestSat-Lite), KickSat (com 104 Sprites) e PhoneSat 2.5.

Imagem: ISRO

Deixe um comentário