Lançamento orbital na missão VV04 da Arianespace



VV04

O recente lançamento do veículo Europeu IXV resultou na colocação em órbita o último estágio do foguetão lançador Vega.

O foguetão Vega (VV04) foi lançado às 1340UTC do dia 11 de Fevereiro de 2013 com a missão de propulsionar o veículo IXV que testou, numa missão sub-orbital, novas tecnologias de reentrada. A missão do IXV foi coroada de sucesso com o veículo a ser recuperado horas mais tarde das águas do Oceano Pacífico.

Após executar a separação do IXV, a missão do último estágio do foguetão lançador, o estágio AVUM, não estava terminada. Segundo Jonanthan McDowell, o estágio havia entrado numa órbita com um perigeu a 76 km, apogeu a 416 km e inclinação orbital de 5,4º, às 1553UTC. Pelas 1411UTC, o AVUM realizou uma segunda queima no seu apogeu orbital, entrando numa órbita com um perigeu a 220 km, apogeu a 430 km e inclinação orbital de 5º, segundo dados revelados no forum de debate da revista Russa Novosti Kosmonavtiki. Pelas 1529UTC, o AVUM executa uma terceira queima, quando sobrevoa o CSG Kourou, para assim iniciar a reentrada atmosférica, que terá ocorrido entre as 1600UTC e as 1615UTC, após uma nova órbita terrestre.

Usualmente a NORAD deveria ter atribuído uma designação internacional ao AVUM e feito o seu registo de objectos em órbita terrestre, mas tal não aconteceu. O AVUM deveria ter recebido a designação 2015-007 (2015-007A).

Esta não é a primeira vez que tal acontece. O caso mais recente ocorreu a 15 de Janeiro de 1995 quando o foguetão Japonês Mu-3S-II (M-3S2-8) foi lançado desde o Centro Espacial de Kagoshima transportando o veículo Alemão EXPRESS. Inicialmente, prensava-se que a missão havia sido um fracasso, mas dias mais tarde o EXPRESS era encontrado em África onde havia caído após realizar várias órbitas terrestres.

Nas estatísticas utilizadas no Em Órbita, a entrada em órbita terrestre do AVUM será considerada como um ‘lançamento orbital bem sucedido’, sendo então a 5.433ª tentativa de lançamento orbital, o 5.084º lançamento orbital bem sucedido, a 244ª tentativa de lançamento orbital desde o CSG Kourou, sendo o 232º lançamento orbital bem sucedido desde o CSG Kourou, além de ser a 235ª tentativa de lançamento orbital por parte da Arianespace e o 226º lançamento orbital bem sucedido da Arianespace.

Deixe um comentário