Lançamento dos satélites Galileo 7 e 8



Soyuz_for_Galileo1

Mais dois satélites do sistema de navegação europeu, Galileo, serão lançados a 27 de Março, dando continuidade à formação da rede de 30 satélites.

A descolagem dos satélites Galileo 7 e 8 está marcada para as 2146UTC de 27 de Março do Porto Espacial Europeu na Guiana Francesa, a bordo de um foguetão Soyuz. Espera-se que fiquem operacionais para meados do ano, depois dos testes em órbita.

O lançamento tinha sido inicialmente marcado para o final do ano passado, mas foi suspenso até que fossem concluídas as investigações a uma anomalia ao andar superior do Soyuz que levou os satélites Galileo 5 & 6 até uma órbita incorrecta, mais baixa. A origem da anomalia, o congelamento da linha do combustível hidrazina, foi corrigida, permitindo que se retome o lançamento.

O Galileo 5 foi levado até uma órbita mais alta, funcional, em Novembro, e passou posteriormente ao teste em órbita.

A órbita do Galileo 6 foi elevada no início deste mês e o satélite está actualmente na sua fase de teste.

Agora a decisão de incluir os satélites Galileo 5&6 na constelação está com a Comissão Europeia, o dono do sistema.

Sobre o Galileo

O Galileo é o sistema de navegação europeu. Consiste em 30 satélites e a sua infra-estrutura no solo.

A definição, desenvolvimento e fase de validação em órbita foram da responsabilidade da ESA e co-financiadas pela ESA e Comissão Europeia. Esta fase criou uma mini-constelação de quatro satélites e um reduzido segmento em terra dedicado à validação do conceito.

A fase FOC – Capacidade Operacional Plena – é totalmente financiada pela Comissão Europeia. A Comissão e a ESA assinaram um acordo segundo o qual a ESA funciona como agente de design e aquisição, pela Comissão.

Saiba mais sobre o Galileo em: http://www.esa.int/Our_Activities/Navigation 

Notícia e imagem: ESA

Deixe um comentário