Lançamento do Bion-M (VI)




No Cosmódromo de Baikonur decorrem os preparativos para o lançamento do satélite Bion-M n.º 1.

No dia 11 de Abril, e segundo o programa de preparação para o lançamento, os especialistas procederam à montagem do satélites AIST na secção instrumental do módulo de serviço do Bion-M. O satélite foi concebido por estudantes e jovens cientistas da Universidade Aeroespacial de Samara e da empresa TsSKB Progress. O AIST tem uma massa de 53,0 kr e irá operar numa órbita quase circular a uma altitude de 575 km e com uma inclinação de 64,9º. O satélite tem funções educacionaise com o objectivo de atrair jovens para os trabalhos científicos. Em órbita irá medir o campo geomagnético e a microgravidade; irá executar pesquisas relacionadas com a diminuição de micro-acelerações; irá estudar as partículas de alta velocidade de origem natural e criadas pelo homem; e irá proceder à recepção, armazenamento e transmissão de dados para a Terra.

O satélite Bion-M tem como objectivo a realização de estudos de Biologia Aplicada, Fisiologia e Biotecnologia. Os resultados experimentais obtidos durante a missão serão recuperados a bordo de uma cápsula. O programa de investigação foi desenvolvido pelo Instituto de Problemas Biomédicos da Academia de Ciências da Rússia e o equipamento científico é composto por 24 conjuntos experimentais colocados quer no interior quer no exterior do satélite.

O lançamento está previsto para ter lugar no dia 30 de Abril de 2013 a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão. A bordo do foguetão lançador estarão também os satélites BeeSat-2, BeeSat-3, SOMP, OSSI-1 e o AIST.

 


Imagem: Roscosmos

Deixe um comentário