Roscosmos desmente problemas nos preparativos para o lançamento da Soyuz TMA-17M



TMA-17M 31

Ao princípio do dia 21 de Julho a agência de notícias Interfax noticiava que o lançamento da cápsula espacial Soyuz TMA-17M poderia ser adiado devido a problemas técnicos que teriam sido encontrados com o seu foguetão lançador.

Segundo a agência de notícias Interfax, os problemas teriam sido encontrados durante os testes levados a cabo ao foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG depois deste ter sido transportado para a plataforma de lançamento a 20 de Julho de 2015. Na altura a natureza destes problemas não tinha sido revelada e a agência espacial Russa, Roscosmos, ainda não tinha emitido qualquer comunicado relativo a esta situação. Aparentemente, os dispositivos testados serão submetidos a novos ensaios.

Porém, horas mais tarde a Roscosmos informou que os relatos da Interfax não eram verdadeiros e que não haviam sido detectados quaisquer problemas com o foguetão Soyuz-FG e que o lançamento se mantinha como previsto.

No entanto, algumas fontes indicam que de facto terão ocorrido alguns problemas durante os preparativos do Soyuz-FG, mas que estes problemas seriam resolvidos sem qualquer impacto no lançamento.

A Soyuz TMA-17M será tripulada por Oleg Kononenko, Kimiya Yui e Kjell Lindgren que irão fazer parte da Expedição 44 (juntamente com Gennadi Ivanovich Padalka, Mikhail Borisovich Korniyenko e Scott Joseph Kelly) e da Expedição 45 (juntamente com Scott Kelly, Mikhail Korniyenko e Sergei Alexandrovich Volkov).

Esta será a 3ª missão espacial para Oleg Kononenko, sendo a primeira missão para o Japonês Kimiya Yui e para o Norte-americano Kjell Lindgren.

O lançamento da Soyuz TMA-17M está previsto para ter lugar às 2102:46UTC do dia 22 de Julho e será levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (G15000-052) a partir da Plataforma de Lançamento PU-5 do Complexo de Lançamento LC1 ‘Gagarinskiy Start’ (17P32-5) do Cosmódromo de Baikonur.

Imagem: RKK Energia

Deixe um comentário