Lançamento bem sucedido do KOMPSat-5



KOMPSat-5_2

O satélite sul-coreano KOMPSat-5 foi lançado desde a Base de Dombarovskiy, Yasniy, pelo foguetão 15A18 Dnepr-1 (5107681112) a partir do Complexo de Lançamento LC13. O lançamento teve lugar às 1439:20UTC do dia 22 de Agosto de 2013.

A hora do lançamento marca o momento no qual o míssil é arremessado para fora do silo no qual está alojado. Isto é conseguido pela expansão de gases que projectam o míssil, neste caso o foguetão, para o exterior. A ignição do primeiro estágio ocorre a T+9,2s. A função do primeiro estágio tem uma duração de 112 segundos, altura em que ocorre a ignição e separação do segundo estágio. A T+279,3s deu-se a separação da carenagem de protecção e o final da queima do segundo estágio ocorreu a T+284s. O terceiro estágio entrava em ignição a T+289,8s. O satélite KOMPSat-5 separou-se a T+914,2s.

Os primeiros sinais do KOMPSat-5 foram recebidos às 1541UTC pela estação Troll na Antárctica.

O KOMPSat-5 é um satélite equipado com tecnologia SAR (Synthetic Aperture Radar) para fornecer imagens para aplicações de informação geográfica e para monitorização de desastres ambientais.

A Kosmotras é uma empresa que comercializa lançamentos orbitais utilizando o foguetão 15A18 Dnepr-1 derivado do míssil balístico intercontinental SS-18 ‘Satan’. Entre 1992 e 2003 uma equipa de empresas russas e ucranianas juntamente com o Ministério Russo da Defesa, envolveram-se na criação de uma empresa para a comercialização destes lançadores que haviam sido retirados de serviço ao abrigo dos acordos de desarmamento entre a Rússia e os Estados Unidos.

Esta foi a 5295ª tentativa de lançamento orbital das quais 4952 foram bem sucedidas, sendo a 6ª tentativa de lançamento orbital desde a Base de Dombarovskiy (com 6 lançamentos bem sucedidos) e a 3108ª tentativa por parte da Rússia (das quais 2957 foram bem sucedidas).

Para 2013 estão agora previstos 98 lançamentos orbitais. A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono (entre parêntesis estão os lançamentos fracassados se for o caso):

Baikonur – 14 (1) / 26

Plesetsk – 3 / 11

Dombarovskiy – 1 / 2

Cabo Canaveral AFS – 7 / 13

Wallops Island MARS – 1 / 3

Vandenberg AFB – 2 / 5

Kauai – 0 / 1

Jiuquan – 3 / 4*

Xichang – 1 / 3

Taiyuan – 1 / 7*

Tanegashima – 2 / 3

Kagoshima – 0 / 1

Kourou – 5 / 9

Satish Dawan, SHAR – 2 / 4

Sohae – 0 / 1*

Semnan – 1 (1?)* / 4*

Naro – 1 / 1

Odyssey – 1 (1) / 1

* Valores incertos

Dos lançamentos bem sucedidos levados a cabo 40,5% foram realizados pela Rússia; 23,8% pelos Estados Unidos (incluindo ULA, SpaceX e Orbital SC); 11,9% pela China; 11,9% pela Arianespace; 4,8 % pela Índia; 4,8% pelo Japão; e 2,4% pela Coreia do Sul.

Os próximos cinco lançamentos orbitais previstos são:

27 Ago (0450:00) – Epsilon E-X – Uchinoura, Kagoshima – SPRINT-A

28 Ago (1700:00) – Delta-IV Heavy (D364) – Vandenberg, SLC-6 – NROL-65

29 Ago (2030:00) – Ariane-5ECA (VA215) – CSG Kourou, ELA3 – Eutelsat 25B/Eurobird 2A/Eshail; GSAT-7

05 Set (1600:00) – Falcon-9 v1.1 – Vandenberg AFB, SLC-4E – Cassiope; POPACS (3x); DANDE; SNAPS; CUSat-1; CUSat-2

07 Set (0327:00) – Minotaur-V – MARS Wallops Island, LP-0B – LADEE

Imagem: Kosmotras

Deixe um comentário