ISRO testa motor de propulsão sólida



A ISRO (Indian Space Research Organisation) levou a cabo o teste do seu maior motor de propulsão sólida, o S200, no Satish Dhawan Space Centre (SDSC), Sriharikota, no dia 24 de Janeiro. O teste bem sucedido do S200 faz deste o terceiro maior motor de propulsão sólida no mundo após os RSRM que propulsionam os vaivéns espaciais norte-americanos e o P230 que propulsiona o foguetão Ariane-5. O motor S200 será utilizado como propulsor lateral para o foguetão Geosynchronous Satellite Launch Vehicle Mark III (GSLV-Mk III) que está a ser desenvolvido para o lançamento de satélites de comunicações da classe das 4 toneladas.

O S200 contém 200.000 kg de propolente sólido em três segmentos. O motor tem um comprimento de 22 metros e um diâmetro de 3,2 metros. O seu desenho, desenvolvimento e construção foram um esforço indiano desenvolvido pelo Centrp Espacial Vikram Sarabhai, em Thiruvananthapuram, e pelo Centro Espacial Satish Shawan (SDSC), em Sriharikota, com a participação das industrial indianas. O S200 tem a sua herança dos propulsores sólidos desenvolvidos anteriormente para o programa espacial indiano. A preparação dos segmentos do propulsor foi levada a cabo na nova Solid Propellant Plant (SPP) no SDSC, Sriharikota.

Durante o teste, o motor S200 foi accionado por 130 segundos e gerou um pico de força de 500 toneladas. A performance do motor foi exactamente como prevista. Cerca de 600 parâmetros foram monitorizados durante o teste e os dados iniciais indicam uma performance normal.

Uma brochura relacionada com este teste pode ser obtida aqui.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.