ISRO testa motor de propulsão sólida



A ISRO (Indian Space Research Organisation) levou a cabo o teste do seu maior motor de propulsão sólida, o S200, no Satish Dhawan Space Centre (SDSC), Sriharikota, no dia 24 de Janeiro. O teste bem sucedido do S200 faz deste o terceiro maior motor de propulsão sólida no mundo após os RSRM que propulsionam os vaivéns espaciais norte-americanos e o P230 que propulsiona o foguetão Ariane-5. O motor S200 será utilizado como propulsor lateral para o foguetão Geosynchronous Satellite Launch Vehicle Mark III (GSLV-Mk III) que está a ser desenvolvido para o lançamento de satélites de comunicações da classe das 4 toneladas.

O S200 contém 200.000 kg de propolente sólido em três segmentos. O motor tem um comprimento de 22 metros e um diâmetro de 3,2 metros. O seu desenho, desenvolvimento e construção foram um esforço indiano desenvolvido pelo Centrp Espacial Vikram Sarabhai, em Thiruvananthapuram, e pelo Centro Espacial Satish Shawan (SDSC), em Sriharikota, com a participação das industrial indianas. O S200 tem a sua herança dos propulsores sólidos desenvolvidos anteriormente para o programa espacial indiano. A preparação dos segmentos do propulsor foi levada a cabo na nova Solid Propellant Plant (SPP) no SDSC, Sriharikota.

Durante o teste, o motor S200 foi accionado por 130 segundos e gerou um pico de força de 500 toneladas. A performance do motor foi exactamente como prevista. Cerca de 600 parâmetros foram monitorizados durante o teste e os dados iniciais indicam uma performance normal.

Uma brochura relacionada com este teste pode ser obtida aqui.

Deixe um comentário