Irá a Coreia do Norte levar a cabo um lançamento orbital nos próximos dias?



CoreiadoNorte 1

A edição on-line do jornal Sul-coreano Yonhap, noticiou no passado dia 15 de Novembro que a Coreia do Norte havia estabelecida uma interdição da navegação marítima numa grande área no Mar do Este ao largo de Wonsan, província de Gangwon.

Esta zona de exclusão foi estabelecida entre os dias 11 de Novembro e 7 de Dezembro, dando a indicação de que aquele país Asiático poderia tentar levar a cabo um lançamento orbital ou então realizar o teste de um míssil balístico intercontinental.

Nos últimos meses têm surgido várias referências por parte de oficiais Norte-coreanos, de que a Coreia do Norte estaria a preparar o lançamento de um novo satélite. Já a 19 de Maio foi noticiado que o dirigente Norte-coreano, Kim Jong Un, havia dado ordens para se proceder à colocação em órbita de um novo satélite para comemorar o 70º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores da Coreia. Na altura era referido que o lançamento poderia ter lugar a 10 de Outubro, porém nada aconteceu. Por outro lado, nos últimos meses, e após o lançamento levado a cabo em Dezembro de 2012, a Coreia do Norte tem vindo a melhorar as instalações e a plataforma de lançamento existente na Estação de Lançamento de Satélites de Sohae. O aumento da altura da torre de serviço e a criação de novas instalações de processamento indicam que a Coreia do Norte se prepara para testar mísseis de maior capacidade e alcance, ou para levar a cabo o lançamento de satélites mais pesados.

O trabalhos de melhoramento da torre de serviço da plataforma de lançamento da Estação de Lançamento de Satélites de Sohae, em Tongchang-ri, foram finalizados pela Coreia do Norte em meados de Julho de 2015. A nova torre de serviço com uma altura de 67 metros poderá acomodar veículos mais altos do que o foguetão Unha-3 que foi lançado em Dezembro de 2012.

Em finais de Setembro, e numa entrevista à cadeia de televisão Norte-americana CNN, oficiais Norte-coreanos referiram que a Coreia do Norte está a preparar o lançamento de vários satélites.

Deixe um comentário