Índia vai realizar o seu segundo lançamento orbital em 2015



PSLV-C28 1

A Índia irá levar a cabo o seu segundo lançamento orbital em 2015 no dia 10 de Julho. O lançamento do PSLV-C28 (PSLV-XL) está previsto para as 1628:00UTC a partir da Plataforma de Lançamento FLP do Centro Espacial Satish Dawan SHAR, Ilha de Sriharikota. A bordo estarão cinco satélites: os DMC-3A, DMC-3B e DMC-3C, além do DeorbitSail-1 e do CBNT-1

Os satélites DMC-3 foram desenvolvidos e construídos pela Surrey Satellite Technology Ltd (SSTL) após um contrato assinado com a DMC International Imaging (DMCii) em Junho de 2011. Os satélites são baseados na plataforma SSTL-300-S1 e têm uma massa de 447 kg. Os satélites serão capazes de obter imagens com uma resolução de 1 metro, tendo a capacidade de envio de informação para o solo extremamente rápida e o sistema óptico é capaz de obter imagens de localizações a 45º do seu percurso orbital. Os satélites serão utilizados para detecções de alterações no solo, monitorização de desastres e planeamento. Os satélites são financiados pela companhia Chinesa 21AT (Twenty First Century Aerospace Technology Company Ltd).

O DeorbitSail-1 é um satélite baseado na plataforma CubeSat-3U, tendo uma massa de 3 kg no lançamento. O projecto irá demonstrar a utilização de uma vela desdobrável para ser utilizada numa rápida remoção orbital. Este projecto tira partido da cooperação entre o Centro Estacial Surrey (Reino Unido), Caltech (EUS), a agência espacial Alermã DLR, a EADS Astrium (França), Universidade de Stellenbosch (África do Sul), Universidade de Patras (Grécia), Athena-SPU (Grécia), Universidade de Técnica de Middle-Eastern (Turquia), Surrey Satellite Technology Limited – SSTL (Reino Unido) e ISIS (Holanda). Utilizando uma vela com quatro asas de 4 metros de comprimento, o satélite irá aumentar o arrastamento aerodinâmico utilizando uma grande superfície. Com o aumento do atrito atmosférico, a sua altitude orbital irá diminuir até à reentrada.

Desenvolvido pela Surrey Satellite Technology Limited (SSTL), o satélite CBNT-1 tem uma massa de 91 kg no lançamento. A sua missão é a de testar vários sistemas e tecnologias espaciais. Poucas informações foram fornecidas sobre os objectivos da missão ou sobre os sistemas a bordo, o que poderá indicar alguma aplicação militar ou de interesse comercial.

O lançamento pode ser seguido ao vivo aqui. Mais informações sobre a missão podem ser obtidas aqui.

Imagem: ISRO

Deixe um comentário